São Paulo contrata promessa que foi dispensada por ex-gerente da base

Jorge Nicola

O meia-atacante Marquinhos Cipriano tem 16 anos e fazia sucesso no Desportivo Brasil

O São Paulo teve de superar a concorrência de Palmeiras, Internacional, Atlético-MG, Flamengo e Fluminense para anunciar na última segunda-feira a contratação do meia-atacante Marquinhos Cipriano. Desconhecido do grande público, o garoto de 16 anos chega ao Morumbi com uma história curiosa para contar: ele foi dispensado pelo próprio Tricolor quando tinha 12 anos.

O responsável por cortá-lo foi Geraldo Oliveira, gerente de futebol das categorias de base durante a Era Geraldo. A justificativa dada na época a Marquinhos era de que ele não sabia passar a bola.

Quatro anos mais tarde, o meia-atacante ganhou fama e convocações para a seleção brasileira graças às boas atuações com a camisa do Desportivo Brasil. Até por isso, custou aproximadamente R$ 1 milhão ao São Paulo. Dinheiro que teria sido economizado se não fosse a reprovação em 2011.