Rafael Santos

Propostas de trabalho legais, mas imorais

Futebol Cinco Estrelas

Exibir foto

.

Apesar de ainda não ter resolvido sua situação na justiça, Bruno tem várias ofertas de trabalho

Como um verdadeiro fantasma, a possível contratação do goleiro Bruno ronda algumas equipes do Brasil. Personagem principal de um dos maiores escândalos da história do esporte no Brasil, o atleta é representado pelo advogado Francisco Simim.

Simim tem dado declarações pontuais de que assim que sair da cadeia, o goleiro deve se reapresentar ao Flamengo —clube com o qual ainda tem vínculo trabalhista. A novidade dita pelo advogado nesta semana é que caso seja dispensado pelo rubro-negro carioca, Bruno tem propostas de trabalho de outros clubes. Entre eles o Atlético-MG (que revelou o jogador).

"Além do Atlético Mineiro, existem outros clubes que já fizeram o convite de trabalho. Eu acredito que caso ele saia do Flamengo, aceite a proposta do Atlético", disse o advogado ao jornal Extra.

Simim e o outro advogado do jogador, Rui Pimenta tentam acelerar o julgamento de habeas corpus solicitado para o mandado de prisão pelo desaparecimento de Eliza Samúdio.

"Este processo, pelo desaparecimento, é o único impedimento para que ele tenha a liberdade. No processo que ele foi condenado, já temos a certeza de que conseguiremos a liberdade condicional", garantiu.

Deixando de lado a legalidade ou não da contratação do atleta, considero imoral a qualquer clube contratar um jogador de futebol suspeito de um crime tão hediondo. Bruno voltar ao futebol no atual momento representa a última fronteira de desvirtualização do esporte.

Também não será a primeira distorção criada pelo profissionalismo exacerbado no futebol.
Afinal, temos toda uma geração de craques mimados mais comprometidos em se divertir do que exercer seu trabalho da melhor maneira possível.

Em suma, o retorno de Bruno até esclarecer completamente sua situação na justiça é algo que
foge do bom senso. Mas, quem confia nas habilidades de julgamento dos cartolas brasileiros? Opine!

Exibir comentários (838)
Os sites do Yahoo Esportes e do Esporte Interativo agora estão separados. Por favor, escolha qual deseja acessar:
  • Ronaldinho entra no fim, marca dois e é aplaudido por torcida rival no México

    Aos 35 anos, Ronaldinho Gaúcho continua protagonizando cenas memoráveis no futebol. Na noite deste sábado, o brasileiro saiu do banco do Querétaro-MEX aos 39 minutos do segundo tempo para marcar dois gols e contribuir para a goleada do time, por 4 a 0, sobre o rival América-MEX. Além dos tentos em apenas oito minutos jogando, seu grande feito foi arrancar aplausos da torcida adversária no Estádio Azteca, na capital mexicana. Mais »

    Gazeta Press - 5 horas atrás
  • Em casa, Corinthians atropela campeão Brasil Kirin: 6 a 1

    O encontro entre Corinthians e Brasil Kirin pode ser visto como um clássico da Liga Futsal, mas o que se viu em quadra neste sábado foi um massacre. No ginásio do Parque São Jorge, o Timão não tomou conhecimento do atual campeão nacional e goleou por 6 a 1. Mais »

    Gazeta Press - 5 horas atrás
  • René Simões exalta classificação e avisa: "O melhor está por vir"

    Líder da primeira fase do Campeonato Carioca, o Botafogo precisou suar muito para superar o Fluminense nos pênaltis e avançar à final da competição. A equipe das Laranjeiras havia vencido o primeiro jogo por 2 a 1 no Maracanã, resultado que foi devolvido pelo esquadrão alvinegro no Engenhão, neste sábado. Questionado na entrevista coletiva qual seria o nome do filme da dramática classificação botafoguense, o treinador René Simões definiu o time como "faminto e apressado" e projetou que "o melhor está por vir" no Estadual. Mais »

    Gazeta Press - 5 horas atrás
  • Enderson critica planejamento do clube, mas se responsabiliza por revés

    Em uma noite em que tudo deu errado para o Atlético Paranaense, que perdeu para o Rio Branco por 3 a 1, no Torneio da Morte do Campeonato Paranaense 2015, pouca coisa pode ser aproveitada pelo Rubro-Negro, a não ser mais lições a se aprender. O técnico Enderson Moreira deu todos os méritos ao adversário, mas foi crítico à atuação de sua equipe, que praticamente não levou perigo ao gol adversário durante 90 minutos e tomou pressão por todo o primeiro tempo. Mais »

    Gazeta Press - 6 horas atrás
  • Após tropeço do Furacão, Weverton diz: "Estamos tristes e envergonhados"

    O torcedor do Atlético Paranaense foi à Arena da Baixada para assistir ao fim da agonia do time na luta contra o rebaixamento do Campeonato Paranaense 2015, mas voltou para a casa novamente com a cabeça inchada. Derrota por 3 a 1 para o Rio Branco de Paranaguá, que mantém o Torneio da Morte aberto e escancara mais uma vez os problemas do Furacão. O goleiro Weverton admite o desconforto do grupo, mas quer esquecer o tropeço e já pensar no Prudentópolis, próximo desafio no Torneio da Morte. Mais »

    Gazeta Press - 6 horas atrás