Rafael Santos

Propostas de trabalho legais, mas imorais

Futebol Cinco Estrelas

Exibir foto

.

Apesar de ainda não ter resolvido sua situação na justiça, Bruno tem várias ofertas de trabalho

Como um verdadeiro fantasma, a possível contratação do goleiro Bruno ronda algumas equipes do Brasil. Personagem principal de um dos maiores escândalos da história do esporte no Brasil, o atleta é representado pelo advogado Francisco Simim.

Simim tem dado declarações pontuais de que assim que sair da cadeia, o goleiro deve se reapresentar ao Flamengo —clube com o qual ainda tem vínculo trabalhista. A novidade dita pelo advogado nesta semana é que caso seja dispensado pelo rubro-negro carioca, Bruno tem propostas de trabalho de outros clubes. Entre eles o Atlético-MG (que revelou o jogador).

"Além do Atlético Mineiro, existem outros clubes que já fizeram o convite de trabalho. Eu acredito que caso ele saia do Flamengo, aceite a proposta do Atlético", disse o advogado ao jornal Extra.

Simim e o outro advogado do jogador, Rui Pimenta tentam acelerar o julgamento de habeas corpus solicitado para o mandado de prisão pelo desaparecimento de Eliza Samúdio.

"Este processo, pelo desaparecimento, é o único impedimento para que ele tenha a liberdade. No processo que ele foi condenado, já temos a certeza de que conseguiremos a liberdade condicional", garantiu.

Deixando de lado a legalidade ou não da contratação do atleta, considero imoral a qualquer clube contratar um jogador de futebol suspeito de um crime tão hediondo. Bruno voltar ao futebol no atual momento representa a última fronteira de desvirtualização do esporte.

Também não será a primeira distorção criada pelo profissionalismo exacerbado no futebol.
Afinal, temos toda uma geração de craques mimados mais comprometidos em se divertir do que exercer seu trabalho da melhor maneira possível.

Em suma, o retorno de Bruno até esclarecer completamente sua situação na justiça é algo que
foge do bom senso. Mas, quem confia nas habilidades de julgamento dos cartolas brasileiros? Opine!

Exibir comentários (838)
Os sites do Yahoo Esportes e do Esporte Interativo agora estão separados. Por favor, escolha qual deseja acessar: