Gaviões da Fiel fará protesto no consulado da Bolívia na próxima terça-feira

Rafa Santos
Editor
Futebol 5 Estrelas


Apesar do julgamento do Corinthians na Conmebol ter chegado ao fim, a tragédia de Oruro ainda promete dar muito o que falar. A Gaviões da Fiel (principal torcida organizada do clube) promete fazer um protesto exigindo a liberdade dos 12 torcedores presos no país.

A manifestação deve acontecer em frente ao Consulado da Bolívia em São Paulo. Por meio do seu site oficial, a torcida convoca todos os torcedores para participar do evento.

“Não vamos nos calar e deixar cai no esquecimento, iremos novamente ao consulado para pedir a liberdade dos 12 inocentes ainda presos”, diz comunicado veiculado no site da torcida.

Leia mais
Novo caso de violência na Libertadores
Sou um trouxa. Acreditei na Conmebol
Conmebol pune Vélez a jogar sem torcida na Libertadores

São esperados membros da Gaviões da Fiel, Camisa 12, Pavilhão 9, Estopim da Fiel, Coringão Chopp e Fiel Macabra. Esse será o segundo protesto pela libertação dos torcedores presos na Bolívia.

A Gaviões da Fiel voltou a pauta após reportagem da Folha de S.Paulo que dá conta que o menor de idade que confessou ter atirado o sinalizador que matou o garoto Kevin Beltrán Espada teria ganhado uma bolsa de estudos por influência da torcida. Mais sobre o caso aqui.

No último jogo do Corinthians antes do julgamento da Conmebol contra o Tijuana, torcedores organizados chegaram a estender uma faixa da Camisa 12 no Estádio Caliente que foi rapidamente retirada pela polícia mexicana. Mais informações sobre a manifestação organizada podem ser encontradas no site da entidade no link.