Entrando em campo

Mantendo sua identidade, Timão ganha o mundo

Entrando em Campo

Exibir foto

.
O Corinthians ganhou o Mundial de Clubes jogando bola. Foi aplicado, eficiente e não fugiu de suas características. Taticamente, a atuação foi quase perfeita. O Timão manteve sua identidade e foi melhor em campo na soma dos noventa minutos.

Também vale registrar a "mãozinha" dada pelo adversário. Rafa Benítez fez uma aposta que não deu certo, ao colocar Moses como titular, que ficou preso pela direita e pouco contribuiu com as jogadas ofensivas da equipe inglesa. Além disso, perdeu poder de marcação com Ramires e Lampard. Oscar só entrou após o gol corintiano. Tarde demais.

Veja também:

- Corinthians é bicampeão mundial

- Corinthians faz Brasil disparar no ranking do Mundial de Clubes da FIFA

- Fanatismo corintiano choca japoneses em Yokohama

Guerrero foi o nome do título e do torneio. Cássio foi o nome do jogo. Defesas espetaculares no primeiro tempo e uma ainda mais espetacular no finalzinho, cara a cara com Fernando Torres.

Por fim, Tite merece os maiores elogios pela conquista. Treinador que evoluiu espantosamente e trouxe disciplina tática e organização ao futebol brasileiro. Hoje, está muito à frente dos demais que trabalham por aqui. É exceção no medíocre quadro atual de técnicos do país.

Lamentamos que você não tenha gostado deste comentário. Informe um motivo abaixo.

Tem certeza?
Classificação falhou. Tente novamente.
Falha na solicitação. Tente novamente.
Promoveremos comentários construtivos e espirituosos para aparecerem primeiro, todo mundo vai vê-los!
Lamentamos, mas não é possível carregar comentários no momento. Tente novamente.