End Zone

Do sonho ao real – As 69 jardas mágicas do menino Jack

End Zone

Exibir galeria

.

Antes do snap, Jack não parece acreditar onde está. Foto: Associated Press

Ele tem a metade do tamanho deles e pesa bem menos que aqueles que estavam no campo da Universidade de Nebraska. Nada disso importou. Aos 7 anos de idade, o menino Jack Hoffman fez o que parecia ser um distante sonho tornar-se realidade. Em uma 4ª descida para uma da própria linha de 31 jardas, Nebraska optou por não chamar o time de especialistas para chutar a bola. Preferiu pôr em campo o jovem garoto. A jogada foi autorizada, a bola foi dada para Jack e ele correu 69 jardas para anotar o touchdown.

Mas quem é esse menino? Jack Hoffman é torcedor do time universitário, acompanha os jogos, tem uniforme e não perde um jogo do time de coração. Ele também luta com um câncer no cérebro desde abril de 2011. De lá para cá, ele passou por duas cirurgias e sessões de quimioterapia que fizeram o tumor entrar em remissão e dar à família de Jack a esperança de que melhores dias estão por vir.

Exibir galeria

.

Jack enquanto percorria as inesquecíveis 69 jardas. Foto: Associated Press

Jack é também amigo do running back da Universidade de Nebraska. Eles se conheceram ano passado e o jogador passou a se dedicar na recuperação do jovem amigo. Rex Burkhead criou uma rede de apoio para Jack e, esta semana, juntamente com o diretor da universidade, resolveram homenagear o menino. Convidaram Jack para ir até o campo da universidade e participar do jogo.

Os pais souberam do convite e prontamente aceitaram. Eles dizem que só foi possível acreditar quando viram o filho dentro de campo. "Foram muitas emoções de uma vez só. Foi emocionante poder vê-lo dentro o campo", disse o pai. Jack Hoffman correu 69 jardas, anotou o touchdown para o time do coração e ainda foi ovacionado pelas mais de 60 mil pessoas que acompanhavam o jogo entre o time A e o time B da Universidade.

Exibir galeria

.

Jack Hoffman prova que é fã mesmo do time universitário de Nebraska

Logo depois de entrar na endzone, foi só festa. Jack foi carregado pelos dois times e fez o que até algum tempo atrás nunca imaginaria ser possível fazer. Logo após anotar o touchdown, foi perguntado como era poder entrar em campo e estar ao lado dos ídolos. Jack Hoffman foi simples e direto ao ponto. Disse apenas que foi “incrível”. E não tinha como ser diferente. Incrível é também a mesma sensação sentida pelos que abraçaram a causa do jovem menino e daqueles que já puderam ver a mágica jogada.

O vídeo do “incrível” touchdown você vê aqui:

Exibir comentários (3)
Os sites do Yahoo Esportes e do Esporte Interativo agora estão separados. Por favor, escolha qual deseja acessar:
  • Empresário de Sheik garante ter seis propostas pelo atacante

    Empresário de Sheik garante ter seis propostas pelo atacante

    Sheik será reserva até que encontre novo clube (Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians) Mais »

    Blog do Jorge Nicola - 3 horas atrás
  • Com duplo-duplo de LeBron, Cavaliers batem Hawks e lideram por 2 a 0

    Mesmo com o desfalque de Kyrie Irving antes da partida, por conta de uma tendinite no joelho esquerdo, o Cleveland Cavaliers aumentou sua vantagem na decisão da Conferência Leste da NBA e venceu o segundo jogo fora de casa na série contra o Atlanta Hawks, liderando por 2 a 0. Nesta sexta-feira, o elenco de Ohio bateu a franquia da Geórgia, na Philips Arena, pelo placar de 94 a 82. Mais »

    Gazeta Press - 4 horas atrás
  • Mogi Mirim soma primeiro ponto e quebra os 100% do Sampaio Corrêa na Série B

    Depois de sofrer duas derrotas no Campeonato Brasileiro da Série B, o Mogi Mirim somou seu primeiro ponto ao empatar com o Sampaio Corrêa por 1 a 1, nesta sexta-feira, no estádio Romildo Ferreira, em Mogi Mirim (SP), pela terceira rodada. Mais »

    Estadão Conteúdo - 4 horas atrás
  • Ficha técnica: Mogi Mirim 1 x 1 Sampaio Corrêa

    FICHA TÉCNICA MOGI MIRIM 1 x 1 SAMPAIO CORRÊA Local: Estádio Romildão, em Mogi Mirim-SP Data: 22 de maio, sexta-feira Horário: 21h50 (de Brasília) Árbitro: Philip Georg Bennett-RJ Assistentes: Gilberto Stina Pereira-RJ e Michael Correia-RJ Público: 604 pagantes Renda: R$ 7.010,00 Cartões amarelos: Magal, Geovane (Mogi Mirim); Moisés Ribeiro (Sampaio Corrêa) GOLS: MOGI MIRIM: Júnior Juazeiro, aos 17 minutos do segundo tempo SAMPAIO CORRÊA: Robert, aos 18 minutos do primeiro tempo MOGI MIRIM: Daniel, Edson Ratinho, Fábio Sanches, Wagner e Leonardo (Rivaldinho); Magal, Romarinho, Elvis (Júnior Juazeiro) e Vitinho; Geovane e Magrão (Geovane Batista) Técnico: Edinho BRAGANTINO : Ruan, Daniel, Edvânio, Luiz Otávio e Raí; Moisés Ribeiro, Diones, Rogério e Válber (Edgar); Cleitinho (Geraldo) e Robert (Jheimy) Técnico: Leonardo Condé Mais »

    Gazeta Press - 4 horas atrás
  • Mogi Mirim empata com o Sampaio Corrêa e faz primeiro ponto na Série B

    Na noite desta sexta-feira, Mogi Mirim e Sampaio Corrêa ficaram no empate por 1 a 1 no Estádio Romildão, casa do Sapo. O time da casa, que ainda não venceu sob o comando de Edinho, saiu atrás no placar durante o primeiro tempo, quando Robert marcou para a equipe tricolor. Na etapa complementar, Juazeiro deixou tudo igual. Mais »

    Gazeta Press - 4 horas atrás