Casca Grossa

[Colisão] Anderson Silva x Pelé Landi: a velha/nova rivalidade tem fundamento?

Fernando Zanchetta
Casca Grossa

[Colisão] É a nova seção do Casca-Grossa. Um assunto, duas opiniões distintas. É fácil. Leia os dois, concorde com um deles e opine também se quiser!

Exibir galeria

.

Anderson Silva

Assunto da semana: Em tom nada político, José Landi-Jons, o Pelé, não gostou nada do jeito que foi citado na biografia de Anderson Silva. Segundo consta no livro, antes da dupla treinar junto na tradicional academia ChuteBoxe, Pelé passou com a picape que dirigia em cima de uma poça d'água e molhou Anderson e a filha de propósito.

**Siga o Blog no Twitter:@cascagrossablog
***CURTA o Casca-Grossa no Facebook!

Além disso, o Spider disse que fizeram dois combates nas regras de muay thai e que o rival o venceu 'roubado' ambas as vezes.

Em entrevista em vídeo ao Portal do Vale-Tudo, Pelé contestou as afirmações. O atleta de 38 anos chamou Anderson de 'frouxo' e 'mentiroso', imitou a voz fina e desafiou o ex-companheiro para resolver as diferenças em luta. E agora? Tem fundamento?

Fala mesmo, Pelé!

Fernando Arbex (@arbex13)
Repórter/Redator de MMA do Yahoo!

Landi (27 vitórias e 14 derrotas na carreira) é um lendário lutador que se destacou nos anos 1990, época em que o esporte era marginalizado. Especialista em muay thai, ainda está na ativa e atua em eventos medianos.

Exibir galeria

.

Pelé Landi

Os triunfos mais significativos foram os dois conquistados sobre Jorge Patino, o Macaco, muito comemorados por conta da rivalidade de sua arte-marcial com o jiu-jitsu. Ele também derrotou os norte-americanos Pat Miletich e Matt Hughes, que posteriormente se tornariam campeões do UFC.

Ele era considerado o melhor da ChuteBoxe, e o destaque conquistado abriu portas para outros atletas como Wand, Ninja, o próprio Anderson e Shogun. Porém, enquanto os colegas se destacaram no Japão e nos EUA, Landi não manteve o ritmo de vitórias e hoje, em um momento de popularização do esporte no Brasil, não tem o devido reconhecimento.

Landi retrucou todas as acusações de Anderson e o ofende. A pergunta que fica é: por que Spider, hoje renomado, precisa expor feridas do passado? Nesta polêmica, é a palavra dele contra a de Pelé, que, roubado ou não, o venceu duas vezes em lutas de muay
thai. O veterano não tem nada a perder, por isso respondeu a afirmações que questionavam sua honra. Assim, a credibilidade do campeão fica totalmente abalada.

A tal da 'casquinha?'

Fernando Zanchetta (@cascagrossablog)

Anderson Silva segue como bola da vez no mundo do MMA. Reina em comerciais de televisão e na fama solidificada nos últimos dois anos. Mesmo blindado por assessorias, jamais estará livre de rusgas do passado, como atleta ou pessoa.

Pelé Landi merece respeito. Desbravador do esporte, com vitórias significativas em outros tempos, mesmo sem nunca atuar pelo UFC. Agressivo ao extremo dentro dos ringues e bonachão do lado de fora, agora se abriga na nostalgia para se impor e atestar o modo de vida como lutador.

Distante dos holofotes há algum tempo, Pelé tem todo direito de ficar revoltado com a polêmica citada na biografia. Mas hoje em dia, desafiar Anderson virou praticamente senso comum. E tentar furar a espessa mística que envolve campeão muitas vezes pode ser interpretado como algo para tirar a famosa 'casquinha'.

Não sei se vem ao caso. Desafiar o melhor do mundo e unanimidade no maior circuito de MMA do planeta publicamente também requer peito. E Pelé teve. Mas, infelizmente, vai precisar de provas mais concretas para convencer a todos que ainda pode pegar a fila.

Exibir comentários (184)
Os sites do Yahoo Esportes e do Esporte Interativo agora estão separados. Por favor, escolha qual deseja acessar:
  • Hernane volta a jogar após mais de sete meses e se vê "estranho"

    Desligado litigiosamente do Al Nassr, da Arábia Saudita, Hernane findou longa espera na noite de domingo e fez sua estreia pelo Sport. O atacante entrou no segundo tempo do empate por 0 a 0 com o Cruzeiro, em Pernambuco, e teve a esperada dificuldade por ter atuado pela última vez em dezembro.“Estranho, né?”, resumiu o Brocador, respondendo sobre como se sentiu. “Foram sete meses sem jogar bola, sem fazer o ano todo o que mais gosto. Sabia da dificuldade que teria hoje, até porque o Cruzeiro é uma grande equipe. Senti um pouco o ritmo. ... Mais »

    Gazeta Press - 21 minutos atrás
  • IAAF prepara resposta à denúncia de múltiplos casos de doping

    A Associação Internacional de Federações de Atletismo (Iaaf) já prepara uma resposta à denúncia de múltiplos casos de doping no atletismo. Após ser alvo de uma reportagem conjunta entre o jornal britânico Sunday Times e a emissora alemã ADR/WDR, a entidade emitiu nota em seu site oficial, neste domingo, informando o procedimento a ser tomado e acusando os veículos de comunicação de terem agido sem o seu “consentimento”. ... Mais »

    Gazeta Press - 25 minutos atrás
  • COI altera processo de candidatura das cidades para os Jogos Olímpicos de 2024

    O Comitê Olímpico Internacional (COI) alterou neste domingo, em assembleia geral na Malásia, o processo para escolha da sede dos Jogos Olímpicos de 2024 ao retirar a fase de seleção eliminatória e permitir que todas as cidades candidatas cheguem até a votação final. Mais »

    Estadão Conteúdo - 27 minutos atrás
  • Henrique aprova esquema do Cruzeiro e lamenta finalizações erradas

    Congestionar o meio de campo com três volantes foi a estratégia de Vanderlei Luxemburgo para o Cruzeiro encarar o Sport em Pernambuco. A equipe freou o adversário, que tem um bom aproveitamento em casa, mas não conseguiu aproveitar as poucas chances para marcar. O placar terminou zerado.“Tive algumas oportunidades, o Charles também chegou. A gente vai se ajustando e tem liberdade para chegar, dar suporte ao pessoal da frente. Nesse esquema com três volantes, é importante a gente chegar. Chegamos bastante. ... Mais »

    Gazeta Press - 40 minutos atrás
  • Sport e Cruzeiro fazem partida fraca em Pernambuco e ficam no zero

    Sport e Cruzeiro fazem partida fraca em Pernambuco e ficam no zero

    O placar apontado ao fim dos 90 minutos na Arena Pernambuco foi um retrato razoável do confronto entre Sport e Cruzeiro. Mais »

    Gazeta Press - 47 minutos atrás