Casca Grossa

Chuva de cotoveladas e chave americana: Jones finaliza Belfort e mantém cinturão no UFC 152

Fernando Zanchetta
Casca Grossa

Exibir galeria

.

Jones: cotovelos e mais cotovelos

Em um dos vídeos promocionais do UFC 152, Jon Jones afirmou: "qualquer oponente que levo para o solo começa a sangrar em cerca de 30 segundos". Pois bem. De forma profética, esta mais uma vez foi a realidade do combate do campeão meio-pesado contra Vitor Belfort, no sábado (22).

Com domínio pleno, o norte-americano castigou o brasileiro por mais de 15 minutos e o finalizou com uma americana (chave de braço) no quarto assalto. Após carimbar mais uma vitória na carreira, Jon Jones segue dominante na categoria e amplia ainda mais a mística como 'o cara a ser batido' no UFC.

**Siga o Blog no Twitter:@cascagrossablog
***CURTA o Casca-Grossa no Facebook!

Logo no começo, Jones agarrou as pernas e levou para baixo. Com habilidade, Belfort agarrou o braço e encaixou uma chave de braço quase perfeita. O norte-americano fez cara feia, mas aguentou firme e se desvencilhou na raça. Por cima, Jones usou cotoveladas - a arma mais letal -, para abrir o supercílio do brasileiro e seguir em vantagem.

Na parcial seguinte, Belfort sentiu o baque e voltou bastante intimidado. Jones colocou bons chutes frontais e baixos para se manter dominante. No desespero, o carioca levou para o chão, e novamente foi castigado com mais golpes afiados com o cotovelo.

Exibir galeria

.

Belfort: quase!

Plantado demais no octógono, o atleta carioca já era alvo fácil no terceiro round. Visivelmente cansado, sentiu um chute lateral no plexo e desabou. Jones seguiu com a chuva de cotoveladas e venceu mais um assalto sem correr grandes riscos. Em seguida, Belfort esboçou reação tímida nas trocas de golpes, mas foi levado (mais uma vez) ao solo e, exausto, acabou finalizado com uma americana (chave de braço).

"Nunca ninguém puxou meu braço tão forte. Pensei que ia quebrar, mas jamais bateria em desistência", disse Jones no fim da luta, referindo-se ao golpe recebido no primeiro assalto. "Belfort é um grande lutador. Foi grande honra vencê-lo", emendou.

Moscas - Após cinco rounds de muita velocidade, movimentação calculada e equilíbrio 'cirúrgico', Demetrious Johnson venceu o pedreira de plantão Joseph Benavidez na decisão dividida e cravou o nome na história como primeiro campeão peso mosca (até 56kg) do UFC.

Derrota - Charles Oliveira começou o combate contra Cub Swanson com boa movimentação. O norte-americano apostou nos golpes de carga desde o início, e logo a fórmula surtiu efeito. Swanson fintou um soco baixo e imediatamente reverteu o movimento para um overhand (cruzado mais aberto, que acerta de cima para baixo) que acertou em cheio o rosto do brasileiro. Charles ainda tentou se manter em pé, mas não conseguiu. Derrota por nocaute.

Eficiente - A luta entre Vinny Magalhães e Igor Prokrajac começou muito amarrada. O brasileiro levou o adversário ao solo e com isso descolou pequena vantagem. Na segunda parcial, a receita se repetiu. Vinny conseguiu a queda, tentou o triângulo, mas fez ótima transição de movimento e finalizou com chave de braço perfeita.

Exibir comentários (354)
Os sites do Yahoo Esportes e do Esporte Interativo agora estão separados. Por favor, escolha qual deseja acessar:
  • Corinthians e Internacional vencem na Libertadores

    Corinthians e Internacional vencem na Libertadores

    O Corinthians mostrou força ao derrotar nesta quarta-feira por 1 a 0 o atual campeão San Lorenzo na Argentina, em partida válida pela 2ª rodada do Grupo 2 da Libertadores, enquanto o Internacional precisou virar a partida sobre o Emelec (3-2) para vencer no Beira-Rio. Mais »

    AFP - 18 minutos atrás
  • Descontentes, clubes vão pedir aumento do valor das cotas de TV para Globo

    Descontentes com os valores que vão receber da televisão a partir de 2016 pela transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro, vários clubes estão se mobilizando para lutar por um aumento de cotas. Mais »

    Estadão Conteúdo - 22 minutos atrás
  • Com Splitter de titular, Spurs vencem terceira seguida

    Houston (EUA), 4 mar (EFE).- Desde que o brasileiro Tiago Splitter foi escalado no quinteto titular, junto com Kawhi Leonard, Tony Parker, Tim Duncan e Danny Green, há três partidas consecutivas, o San Antonio Spurs não sabe o que é uma derrota e nesta quarta-feira passou com facilidade pelo Sacramento Kings, em casa, pelo placar de 112 a 85. Mais »

    EFE - 33 minutos atrás
  • Palmeiras vê campo ruim como "melhor do mundo" e comemora descanso

    O Palmeiras viajou para Vitória da Conquista preocupado com as condições do gramado do estádio Lomanto Junior, mas entrou em campo esquecendo o péssimo campo. Destaque da vitória por 4 a 1 por sofrer pênalti e fechar a goleada, Dudu conta o trabalho mental que resultou na classificação para a segunda fase da Copa do Brasil sem a necessidade do jogo de volta. Mais »

    Gazeta Press - 5 horas atrás
  • Arouca se chateia com primeira expulsão em oito anos e elogia time

    Arouca teve um mês para treinar e estrear no Palmeiras, mas, logo em sua segunda partida pelo clube, bateu um recorde pessoal negativo. Nesta quarta-feira, foi expulso durante a goleada por 4 a 1 sobre o Vitória da Conquista e recebeu o seu primeiro cartão vermelho após quase uma década. Mais »

    Gazeta Press - 5 horas atrás