Brasil de Ouro

O primeiro “ponto do ano” no tênis!

Guilherme Coreixas
Brasil de Ouro

Quando o maior conhecedor de tênis do Esporte Interativo (o Pito, aquele que falou que o Dimitrov é o "novo Federer") me chamou para mostrar um vídeo de tênis feminino, fiquei de cara fechada. Nunca gostei de ver jogos entre mulheres, exceto pela imbatível musa Sharapova.

LEIA TAMBÉM:
Djokovic dá exemplo de fair play. VEJA!
EXCLUSIVO: Bernardinho desabafa sobre problemas do vôlei
Karateca melhor que Daniel San! Entenda!

Pensei que iria perder segundos da minha vida vendo a jogada da Radwanska (esse nome é muito legal de se falar - Rá/di/van/scá). Mas não, me surpreendi. Não gosto de expressões ("gol do ano", "ponto do século", "jogada da década", "maior cesta da história"). Por isso não vou afirmar que foi o ponto do ano, vou apenas dizer que foi o PRIMEIRO PONTO DO ANO! A jogada parece fácil, mas para quem já jogou um pouco de tênis, sabe que o reflexo e a sorte têm que estar muito em dia para girar 360º e bater na bola (a bola bateu no cabo da raquete!) e, como se fosse um detalhe, passar para o outro lado sem chances do adversário responder!

Sensacional!

Exibir comentários (41)
Os sites do Yahoo Esportes e do Esporte Interativo agora estão separados. Por favor, escolha qual deseja acessar: