Brasil de Ouro

  • Em um evento virtual realizado hoje, o Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016 divulgou a tabela de preços para o maior evento esportivo do planeta.

    Serão cerca de 7,5 milhões de ingressos, incluindo eventos esportivos e as cerimônias de abetura e encerramento. A grande novidade é que 3,8 milhões dessas entradas irão custar até no máximo R$70.

    Em novembro deste ano será aberto um processo de cadastramento para os interessados em comprar ingressos. Você poderá escolher seus esportes preferidos e passará a receber informações sobre os mesmos. Em março de 2015 é a hora de fazer o pedido, o qual pode ser concluído até maio. Assim como na Copa do Mundo, haverá um sorteio, o primeiro acontece em junho.

    A segunda chance, com novo sorteio, será em julho de 2015. Apenas quem fez o pedido lá no começo poderá concorrer. Quem não conseguiu nenhuma entrada na primeira fase terá prioridade.

    Em setembro de 2015 acontece o resultado desse segundo sorteio e, logo, em seguida, começa a venda direta, com

    Saiba mais »de Quanto você pagaria por um ingresso da Olimpíada?
  • Domingo histórico!

    Que domingo cheio. Repleto de eventos olímpicos e com uma grande comemoração paralímpica!

    Neste 7 de setembro de 2014 o Rio de Janeiro celebra o marco de dois anos para os Jogos Paralímpicos. Com uma grande festa no Aterro do Flamengo, o Comitê Organizador promoveu um desafio entre a seleção brasileira de Goalball, a seleção brasileira de Voleibol Sentado, a “Geração de Prata” e o público em geral. Todo mundo teve a chance de conhecer e experimentar as modalidades paralímpicas. Uma manhã muito divertida!

    Na parte da tarde, programação intensa no esporte olímpico. Primeiro com o Mundial Masculino de Vôlei. O time do técnico Bernardinho passou sufoco no início da partida contra Cuba, mas termina a primeira fase com cinco vitórias. Os brasileiros perderam o primeiro set e fizeram um segundo set apertado. Três jogadores que saíram do banco fizeram a diferença neste duelo: Lipe, Bruno e Vissotto. Com o resultado, o primeiro adversário do Brasil na segunda fase será a Bulgária.

    O melhor sempre

    Saiba mais »de Domingo histórico!
  • Isaquias Queiroz: esperança de medalha em 2016

    Como não ficar otimista com os resultados da canoagem brasileira? Se, hoje, a modalidade é considerada pelo Comitê Olímpico do Brasil como um esporte contribuinte para a meta de chegar no top 10 no quadro geral de medalha, me arrisco a dizer que esse panorama pode mudar até a Olimpíada.

    Isaquias Queiroz já havia sido o primeiro brasileiro a conquistar medalhas em Mundiais, na Alemanha, no ano passado. Este ano, no Mundial de Moscou, na Rússia, ele já se garantiu em duas finais: na prova olímpica C1 1000 (que será disputada no sábado) e na prova C1 500 (que será disputada no domingo).

    O atleta, de apenas 20 anos, é uma das grandes promessas da nova geração e também está na semifinal do C2 200, ao lado de Erlon Souza. Esta foi a primeira competição que Isaquias e Erlon formaram dupla. Erlon também garantiu vaga em uma final, do C2 1000, ao lado de Ronilson Oliveira. Esta é a primeira vez que o Brasil classifica um barco de C2 1000, prova olímpica, para uma final de Mundial. Nivalter

    Saiba mais »de Canoagem brasileira brilha e aumenta expectativa para 2016
  • A frase de Ricardo Winicki, o Bimba, chamou minha atenção. Ele é um dos velejadores brasileiros que vem criticando as condições da Baía de Guanabara nos últimos tempos. Durante a apresentação da equipe brasileira para o primeiro evento-teste no Rio de Janeiro, perguntei a ele se existia a chance do Brasil passar vergonha, por conta da poluição excessiva na raia olímpica. A resposta foi direta: "Já estamos passando vergonha"!

    Bimba explicou com detalhes. O atleta se refere à qualidade da água. Segundo ele, quando acabam de treinar ou competir, não pensam mais em lavar o equipamento logo de cara, primeiro eles querem se lavar. Durante as atividades, acabam se molhando mas evitam mergulhar. Bimba contou ainda que, esses dias, viu um estrangeiro repetindo a ação dos brasileiros: saindo da água e correndo para se lavar.

    Além da qualidade da água, Torben Grael (chefe da equipe brasileira) e os atletas se preocupam com o lixo boiando, que pode prender no barco e atrapalhar o desempenho na

    Saiba mais »de “Já estamos passando vergonha”!
  • Imagina na Olimpíada!

    Como foi bom viver uma Copa do Mundo na nossa casa! Receber atletas, jornalistas e torcedores do mundo inteiro. Ver nossa rotina, durante um mês, ser dominada pela alegria e emoção que o esporte é capaz de proporcionar. No domingo, ainda sentada na porta do Maracanã, já sentia saudade daquilo tudo. Até sofria com a falta que a Copa iria fazer. Esse vazio durou apenas alguns minutos, até eu me lembrar que ainda temos os Jogos Olímpicos pela frente. Se foi assim, tão intenso na Copa, imagina na Olimpíada!

    Ah, e como eu imagino! Em Londres, em 2012, vivi alguns dos melhores dias da minha vida profissional. A Copa é a Copa, mas a Olimpíada tem uma magia que eu nem sei explicar. Talvez pela entrega dos atletas, pelo espírito. No esporte olímpico é tudo mais difícil, por isso também mais gostoso.

    Já imagino o handebol feminino na final, o Cielo subindo no pódio em casa, o vôlei e o judô envolvendo a torcida, o basquete masculino conquistando uma medalha, o Zanetti fazendo o povo chorar.

    Saiba mais »de Imagina na Olimpíada!
  • Essa frase foi dita pelo André Henning, durante o Programa do Radamés, e me marcou muito. Perguntado sobre a importância que o Mundial de Handebol teve na carreira dele, o narrador respondeu: "Minha Copa do Mundo já aconteceu e o Brasil já foi campeão"!

    A seleção campeã do mundo está reunida em Joinville, em mais uma fase de treinamentos (Foto: Monique Danello)A seleção campeã do mundo está reunida em Joinville, em mais uma fase de treinamentos (Foto: Monique Danello)

    É mais ou menos por aí mesmo. Enquanto o país vai parar para assistir ao time de Felipão na Copa do Mundo de futebol, o time de Morten Soubak (o último a conquistar o mundo no esporte coletivo brasileiro) estará trabalhando.

    Viemos até Joinville, em Santa Catarina, acompanhar a fase de treinamentos da seleção feminina. Nesta terça-feira as meninas enfrentam a Tunísia, em jogo amistoso, e, na sexta-feira, o confronto se repete. No resto do tempo... treinos, avaliações físicas e alguns eventos com os patrocinadores. A agenda da equipe está lotada!

    Ainda assim, quem disse que elas não vão assistir ao jogo entre Brasil e Croácia? Algumas adoram futebol, como a flamenguista Elaine, outras não ligam tanto, como a armadora Duda, mas todas

    Saiba mais »de A Copa do Mundo já foi e o Brasil já ganhou!
  • Eu estou contando os dias e aposto que você, que também é apaixonado por esporte, está louco para ver a decisão da Liga dos Campeões de Handebol. Certo? Enfim chegou a semana do Final Four e, só aqui no Esporte Interativo, você acompanha as semifinais, no sábado, e a final e disputa de terceiro lugar no domingo.

    Nossa programação começa no sábado, dia 03/05, com a partida entre Gyori e Midtjylland, a partir de 9h45. A brasileira Eduarda Amorim, eleita a MVP do último Mundial, defende a equipe húngara e vai em busca do bicampeonato.

    Logo na sequência, a partir de 12h15, Vardar e Buducnost se enfrentam na outra semifinal. São muitas estrelas em quadra, entre elas Andrea Lekic, eleita a melhor jogadora do mundo no ano de 2013.

    Domingo, a partir de 9h25, você acompanha a disputa de terceiro lugar e, logo depois, a grande final. Todos nós esperamos ver a Duda na luta pelo título!

    Emoção não vai faltar! É a decisão da Liga dos Campeões de Handebol pela primeira vez na tv aberta brasileira!

    Saiba mais »de A decisão da Liga dos Campeões de Handebol é só no Esporte Interativo
  • Alexandra, Babi e Duda estão brigando por uma vaga no Time das Estrelas (Foto: Photo&Grafia)

    Já está aberta a votação para escolher qual será o "Time das Estrelas" desta temporada da Liga dos Campeões de Handebol. O Brasil tem concorrentes em três posições: ponta direita, goleira e armadora esquerda.

    Alexandra Nascimento já foi eleita a melhor jogadora do mundo em 2012, Babi foi escolhida a melhor goleira do último mundial e Eduarda Amorim foi a MVP da competição. As três são campeãs do mundo e foram fundamentais na conquista brasileira. Também são estrelas dos seus clubes: Alexandra e Babi pelo Hypo (até o fim desta temporada) e Duda pelo Gyor, que ainda está na briga pelo bicampeonato da Liga.

    Você (brasileiro apaixonado por handebol e fã dessas meninas) pode ajudar a colocá-las no "Time das Estrelas". Basta entrar no link: http://www.icy.at/ehf/CL_AllStarTeam2014W. Eu já fui lá e votei. Faça você também a sua parte. Elas merecem! O handebol brasileiro também!

    Saiba mais »de Time das estrelas da Liga dos Campeões de handebol pode ter três brasileiras
  • Eduarda Amorim defende o Gyor, atual campeão da Liga dos Campeões (Foto: Fernanda Pedroso)

    Hoje o Blog Brasil de Ouro abre espaço para o jornalista Thiago Bonna, que já trabalhou aqui no Esporte Interativo e, atualmente, está em Portugal, estudando na Universidade do Porto. Motivado por uma amiga que estuda Educação Física e gosta de handebol, ele começou a acompanhar a modalidade. Há alguns dias, em viagem pela Europa, Thiago foi até Gyor, na Hungria, onde mora a brasileira Eduarda Amorim, eleita a MVP do último Mundial. Ele bateu um papo com ela, não só sobre a conquista, mas, principalmente, sobre o novo desafio que está por vir: o final four da Liga dos Campeões de Handebol. Essa decisão você acompanha só no Esporte Interativo.

    Por Thiago Bonna

    De uma simpatia e amabilidade impressionante, Eduarda Amorim é um dos destaques da Seleção Brasileira e do Györi ETO, equipe húngara que busca uma vaga na final da Liga dos Campeões de Handebol, frente ao Midtjylland, da Dinamarca. A atleta que mora no leste europeu desde 2005, é sempre acompanhada de olhares curiosos e

    Saiba mais »de Duda Amorim busca o bicampeonato da Liga dos Campeões
  • Dara vai defender o Nantes, da França (Foto: Divulgação/Internet)

    Após a conquista do Mundial, na Sérvia, a Confederação Brasileira de Handebol anunciou o fim da parceria com o Hypo, da Áustria, e as jogadoras que vestiam a camisa da equipe começaram a procurar um novo destino. Alexandra e Babi acertaram com o Baia Mare, da Romênia, e Fernanda, Ana Paula e Deonise com o Bucareste, equipe do mesmo país, onde também jogará a goleira Mayssa.

    Agora foi a vez da capitã Dara Diniz definir o seu futuro. Hoje, mais cedo, o site francês "Handzone.net" anunciou que a campeã mundial havia acertado sua transferência para o Nantes, da França, informação confirmada pela pivô. O contrato de Dara com a equipe será de um ano.

    O time, que já conta com a goleira sérvia Katarina Tomasevic, prata no Mundial, está se reforçando para a temporada 2014/2015. Segundo o site francês, Dara é a terceira contratação de peso de Nantes e, segundo os próprios franceses, este é um "recrutamento estrelado".

    Fica aqui a minha torcida pela nossa capitã neste novo desafio. Só posso

    Saiba mais »de Capitã Dara Diniz vai jogar no handebol francês