A boca suja e podre de Neymar

Coluna Bate-Pronto

A derrota humilhante para a seleção peruana e a consequente eliminação na primeira fase da Copa América foi pouco.

O pior ainda estaria por vir.

Deprimente sob todos os aspectos ver as palavras de baixo calão usadas por Neymar, ‘guardado’ para a Olimpíada, nas redes sociais.

image

Na tentativa de justificar o injustificável e saindo em defesa do grupo e do técnico Dunga, Neymar apelou.

‘Merda, foda-se, babaca’ foram alguns dos termos usados por aquele que é chamado de craque no Barcelona e segue devendo com a camisa da seleção.

Devendo na bola e agora devendo bons exemplos. Atitude grosseira, desnecessária e prepotente.

Neymar esquece que, infelizmente, é exemplo para alguns jovens.

Fico imaginando a reação das empresas, e não são poucas, que contrataram Neymar, muito bom de selfie, como garoto-propaganda.

image

O ‘ídolo’ do futebol brasileiro é absolutamente despreparado e fraco emocionalmente. Atitudes como essa talvez possa explicar suas recentes expulsões com a camisa da seleção.

Me recordo das palavras de René Simões no episódio envolvendo Neymar e Dorival Jr:

‘Estamos criando um monstro’.

Será?

Pobre e podre futebol brasileiro.

E gol da Alemanha. Gol do Haiti. Gol do Peru.