• É preocupante o discurso de Carlos Eduardo Pereira, presidente do Botafogo.

    Comparar o trabalho feito em 2015 com a situação atual é de uma infelicidade sem tamanho.

    Não duvido das boas intenções do mandatário alvinegro, maior interessado em fazer a coisa andar.

    Acontece que são dois mundos distintos. O da Série A e o da Série B. Tão ou mais diferente daquele que vive o presidente.

    Ver os muros do clube amanhecerem pichados não deve ser nada agradável.

    É simplesmente uma atitude (já) desesperada dos torcedores que cobram uma postura mais séria e agressiva da diretoria no mercado.

    O que eles enxergam é o que todo mundo vê, exceção feita ao presidente, que insiste na tese de que com esse elenco o Botafogo irá sobreviver na primeira divisão.

    Não vai e não é cedo.

    Dois míseros jogos já foram suficientes para provar que o time precisa urgente de reforços no ataque. É o caso de menos conversa fiada e mais atitude.

    O Botafogo errou todos os alvos em 2016.

    Só o zagueiro Carli disse ao que veio.

    Leia mais »from Torcida do Botafogo vê o que o presidente se recusa a enxergar
  • A partir de sexta-feira começa o Masters de Judô, em Guadalajara, México reunindo os melhores judocas do mundo em todas as categorias. É uma prévia olímpica. Em termos de importância, o Masters só perde para o campeonato mundial e a própria Olimpíada. Será a última competição antes do fechamento do ranking olímpico. Para 3 categorias de peso masculinas do Brasil, em que as disputas estão ponto a ponto, o evento é a  decisão para saber quem vai a Olimpíada.

    O Brasil terá 17 atletas no Masters, 9 homens e 8 mulheres. A Confederação vai usar o ranking mundial como critério principal, mas não definitivo para escolher os olímpicos. Pode acontecer de em um peso a disputa ser tão equilibrada, que a Confederação escolha um mais experiente ou que tenha melhores resultados contra os atletas tops.

    Na categoria 60kg por exemplo, Eric Takabatake é o 12º e Felipe Kitadai 13º do ranking. Eric está mais regular, mas tem dificuldades em vencer os principais adversários mundiais do peso. Kitadai não tem

    Leia mais »from Judô: Masters vai definir a delegação olímpica brasileira
  • Mudança em uma comissão da Fifa garantiu alívio ao presidente da CBF

    Presidente da CBF, Marco Polo Del Nero está convencido de que não corre mais o risco de ser suspenso pela Fifa das atividades ligadas ao futebol. Tanto é que garantiu a amigos, nos últimos dias, que vai se sentar na cadeira da presidência da CBF até o fim do mandato, em 2019.

    O otimismo recente de Del Nero, que chegou a se licenciar duas vezes do cargo em meio a investigações do FBI e ameaças vindas da Fifa, tem a ver com o 66 Congresso da Fifa, no México, dias atrás. No evento, o novo presidente da entidade, Gianni Infantino, conseguiu a aprovação de uma emenda que lhe dá o poder de demitir membros da comissão de ética e outros órgãos que investigam irregularidades internas.

    A mudança levou Domenico Scala, presidente da Comissão de Auditoria e Conformidade da Fifa, a renunciar ao cargo. Scala havia tido papel fundamental nas suspensões aplicadas ao ex-presidente da entidade, Joseph Blatter, e a Michel Platini, que era o

    Leia mais »from Del Nero diz a amigos que não corre mais risco de deixar a CBF
  • image jpg 3246-290

  • Foi a primeira aparição de TV do técnico Marcelo Oliveira após sua saída do Palmeiras. E ele escolheu o programa “Aqui com Benja!”, da Fox Sports, para falar sobre seus planos de carreira, a veracidade da sondagem de outros clubes e até responder às críticas de seus antigos comandados. 

    Marcelo comentou sobre as abordagens vindas do Cruzeiro. “Estava em BH e disponível quando o técnico do Cruzeiro saiu. Naquele momento, o time procurou outros nomes e, no mesmo final de semana, recebi duas sondagens, pedindo prioridade para negociar por mim fora do país – nos Emirados Árabes e na China. Assumi esse compromisso e logo depois o Cruzeiro me procurou – eu não estava mais disponível. Não recusei a proposta do Cruzeiro”, afirmou ele, após ser questionado pelo apresentador Benjamin Back.

    Sobre a polêmica declaração de Barrios - atacante do Palmeiras, que garantiu que o Palmeiras agora teria um técnico que entende de futebol, Marcelo concordou.  “Eu lamento (que ele tenha falado isso). O Lucas

    Leia mais »from Ex-Palmeiras, Marcelo Oliveira rebate provocação de Barrios em programa de TV
  • Marlone só foi titular em duas partidas na temporada, enquanto Luciano jogou seis

    A negociação entre Corinthians e Santos envolvendo Leandro Damião ganhou novo capítulo no fim de semana. O Peixe afirmou que aceita liberar o centroavante para o rival com uma condição: receber os meia-atacantes Marlone e Luciano em troca. Os três atletas seriam repassados por empréstimo de um ano.

    Há uma diferença grande em relação aos salários. Sozinho, Damião embolsa R$ 600 mil por mês. Já Marlone e Luciano, juntos, ganham aproximadamente R$ 400 mil mensais. O Peixe não cogita ajudar com sequer um centavo dos salários de Damião - o clube conseguiu na Justiça aval para só pagar o atacante a partir de julho de 2017.

    Responsável pela indicação de Damião para o Corinthians, Tite ainda não foi consultado pela diretoria sobre a possibilidade de ceder Marlone e Luciano. A dupla tem sido pouco aproveitada na temporada: Marlone entrou nos minutos finais das últimas duas partidas, contra Nacional e Vitória. Já

    Leia mais »from Santos quer Marlone e Luciano para liberar Damião ao Corinthians
  • O Flamengo já trabalha com a possibilidade de não contar mais com Muricy Ramalho.

    O nome de Abel Braga ganha força para assumir o clube.

    Acontece que por conta de um acordo jurídico com o Al Jazira, dos Emirados Árabes Unidos, Abel só poderia dirigir o Flamengo em julho.

    Abel porém não é unanimidade. Longe disso.

    Uma corrente defende a inovação, pede por caras novas e a vinda de Fernando Diniz

    O Flamengo aguarda ainda um posição oficial de Muricy e de que maneira o destrato entre as partes seria resolvido.

    Muricy, se demitido, tem direito a receber todo o contrato, ou seja, até dezembro de 2017.

    O presidente Bandeira de Mello, por conta disso, preferiu adiar a viagem que faria com a seleção brasileira para a Copa América e deve embarcar próximo do início da competição.

  • O experiente meio-campista Alex teve uma ‘expulsão boba’, como classificou o técnico Argel, em vitória do Internacional sobre o São Paulo no Morumbi, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

    O jogador fez uma falta no são-paulino Ganso e acabou levando uma solada na altura da barriga quando estava caindo. Enfurecido com o cartão amarelo recebido pela falta, ele esperneou com o árbitro Péricles Bassols e acabou levando o vermelho.

    “Reclamar acintosamente da marcação do árbitro, ofendendo-o de frente, quando proferiu as seguintes palavras: ‘acidente de trabalho o c.., você quer me f..., não f…”, escreveu o juiz na súmula.

    “Ninguém se escondeu na expulsão do Alex. Foi uma expulsão boba, como a do Vitinho contra o Juventude. Os jogadores correram pelo Alex como foi pelo Vitinho. Tratamos isso internamente, mas o mais importante é o comprometimento. Errar faz parte. Precisamos aprender com os erros. O Alex aprenderá, assim como o Vitinho aprendeu. Sempre peço para começar e terminar com

    Leia mais »from Árbitro relata xingamentos de Alex em ataque de fúria
  • O Sport implorou para perder. O Botafogo não quis ganhar.

    Limitado sob todos os aspectos, o time carioca desperdiçou uma ótima oportunidade de vencer a primeira partida no campeonato e fora de casa.

    É impressionante a incompetência dos atacantes do Botafogo. Entra um, sai outro e o cenário não muda.

    Todos, sem exceção, passando por Ribamar, Neilton, Anderson Aquino e Luis Henrique, perderam chances claríssimas de gol na Ilha do Retiro especialmente no segundo tempo.

    Dessa vez nem dá para culpar o inseguro Helton Leite. Se tivesse um pouco, só um pouco, de qualidade na frente, o Botafogo teria goleado o Sport em Recife.

    Os jogadores mostram vontade e disposição mas isso apenas não basta. É necessário técnica também.

    O mais curioso é que Rafael Moura, Kléber e Grafite, todos sondados pelo clube antes do campeonato, brilharam na rodada.

    Enquanto isso o torcedor sofre. E como. O brasileirão está apenas no início e o Botafogo já está entre os últimos, ou seja, na zona do rebaixamento.

    Rodrigo

    Leia mais »from Haja incompetência ao Botafogo.
  • Argentino é o artilheiro da Libertadores com oito gols e só deixa o clube após o torneio 

    Nem Itália nem Portugal, tampouco Espanha. O destino de Calleri após a participação tricolor na Libertadores será o inglês Tottenham. Pelo menos é o que garantiu o pai do atacante, Guillermo Calleri, a dirigentes do São Paulo na concentração do time na última quarta, em Belo Horizonte, antes do jogo com o Atlético-MG.

    Artilheiro da Libertadores, com oito gols, o jogador havia sido comprado do Boca Juniors por um grupo de investidores, por cerca de R$ 40 milhões, em janeiro, e acabou registrado no Deportivo Maldonado. 

    Guillermo disse desconhecer o valor gasto pelo clube inglês, mas admitiu que o representante do filho já topou a oferta salarial para jogar na Premier League a partir de agosto.

    Talvez para acalmar os ânimos dos dirigentes tricolores que o ouviam, Guillermo garantiu que há um acerto verbal com os ingleses para que o filho permaneça no Morumbi em caso de título na Libertadores e

    Leia mais »from Pai de Calleri revela acerto do são-paulino com o Tottenham