Bia Maia encara Osaka na manhã desta quinta em Tóquio

(PHILIP FONG / AFP)


Beatriz Haddad Maia, número 16 do mundo, tem duro compromisso na manhã desta quinta-feira pelas oitavas de final do WTA 500 de Tóquio, no Japão, torneio sobre o piso duro com premiação de US$ 757 mil.

A paulistana encara a japonesa Naomi Osaka, atual 48ª colocada, no último jogo da quadra central às 5h30 de Brasília, 17h30 locais. Será o segundo jogo entre elas, em 2013, em Osprey, nos EUA, deu Osaka. A japonesa foi líder do ranking e tem quatro Grand Slams no currículo sendo dois Australian Open (2019 e 2021) e dois US Open (2018 e 2020).

A quarta-feira foi de chinesas surpreendendo no torneio. Paula Badosa, quarta colocada e principal favorita, foi eliminada diante de Qinwen Zheng, 36ª, por 6/3 6/2 enquanto que Caroline Garcia, 10ª, perdeu para Shuai Zhang, 28ª, por 4/6 7/6 (7/5) 7/6 (7/5) após 2h30min. Zheng encara a americana Claire Liu enquanto que Zhang pega a tcheca Karolina Pliskova ou a croata Petra Martic.