Bia Maia encara eslovena na estreia em Wimbledon. Pigossi duela contra eslovaca

Birmingham Divulgação
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


A paulistana número 1 do Brasil e 29ª do mundo, Beatriz Haddad Maia, conheceu nesta sexta-feira sua chave para a disputa em Wimbledon, que tem caminho difícil com a campeã olímpica, Belinda Bencic e a cabeça 2, Anett Kontaveit. Pigossi conhece rival.

Jogando pela primeira vez como uma das cabeças de chave em um Grand Slam, Bia Haddad Maia estreia contra a eslovena Kaja Juvan, 60ª , a quem enfrentou duas vezes no circuito profissional e venceu nas duas oportunidades, ambas disputadas em 2019 nos pisos rápidos dos qualificatórios em Auckland (Nova Zelândia) e do Australian Open.

Na segunda rodada, a brasileira pode enfrentar a vencedora do duelo entre a qualifier australiana Maddison Inglis, 129ª, e a húngara Dalma Galfi.

Na terceira rodada, a brasileira pode ter pela frente a campeã olímpica, a suíça Belinda Bencic, 14ª, que estreia contra a chinesa Qiang Wang. Se avançar, Bia pode ter pela frente a estoniana cabeça de chave 2 Anett Kontaveit, que estreia contra a americana Bernada Pera.

Numa possível quartas de final, Bia Haddad Maia pode ter pela frente a grega Maria Sakkari, cabeça de chave 5, que estreia contra a australiana Zoe Hives.

A outra brasileira na chave de simples de Wimbledon é a paulistana Laura Pigossi, número 2 do Brasil e 124ª do mundo, que está do outro lado da chave e estreia contra a eslovaca Kristina Kucova, 90ª, e pode ter segunda rodada contra a vencedora do duelo entre a norte-americana Shelby Rogers, cabeça 30, e a croata Petra Martic.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos