Bia Maia ainda pode sair de Cincinnati como top 15

National Bank Open


A derrota de Beatriz Haddad Maia na estreia do WTA 1000 de Cincinnati, nos Estados Unidos, foi um banho de água fria após a maior campanha da história de uma brasileira com o vice-campeonato no domingo no WTA 1000 de Toronto, no Canadá.

A brasileira caiu por um duplo 6/4 diante da 15ª colocada, a letã Jelena Ostapenko. Apesar do resultado negativo, a brasileira pode ainda ganhar uma posição no ranking na próxima segunda-feira e virar top 15 pela primeira vez.

Para tal precisa torcer contra concorrentes, a principal delas a própria Ostapenko que não pode vencer mais jogos no torneio (enfrenta a americana Madison Keys pela segunda rodada). A brasileira tem ainda como concorrentes tenistas como Veronika Kudermetova, Karolina Pliskova, Victoria Azarenka, a própria Keys, entre outras.

Caso a brasileira se mantenha como a 16ª do mundo, evitaria qualquer outra tenista de posição acima na tabela nas três primeiras rodadas do Grand Slam jogado em Nova York, que começa no dia 29.