Bia Haddad, Rayssa Leal e Rebeca Andrade se destacam em conquistas do Brasil

Bia, Rayssa e Rebeca voaram neste semana (Foto: AFP/SLS/COB)


O esporte olímpico feminino do Brasil obteve grandes façanhas ao longo desta semana. Bia Haddad fez grande campanha no WTA 1000 de Toronto, Rebeca Andrade levou a melhor no Campeonato Brasileiro de ginástica e Rayssa Leal conquistou a etapa de Seattle da Street League Skate (SLS), com direito à dobradinha brasileira.

BIA ELEVA O PATAMAR DO TÊNIS BRASILEIRO

Bia Haddad teve desempenho histórico em Toronto. Superando a número 1 do mundo nas quartas e a campeã olímpico na semifinal, a brasileira ficou em segundo lugar, já que perdeu a decisão para a romena Simona Halep. Com o resultado, ela subiu para a 16ª posição no ranking mundial, a melhor da história do país.

+ Na última manobra, Rayssa Leal conquista etapa de SLS em Seattle

REBECA EMPLACA QUATRO OUROS NA GINÁSTICA

Campeã olímpica e esperança de novas medalhas, Rebeca Andrade fez o dever de casa no Brasileiro de ginástica, disputado em Salvador. A brasileira venceu quatro ouros na competição: o individual geral, as barras assimétricas, a trave e a prova por equipes. A atleta do Flamengo, inclusive, está na liderança do ranking mundial em 2022.

RAYSSA, PÂMELA E DOBRADINHA EM SEATTLE

As brasileiras seguiram com fome de títulos nesta edição da Street League. Em Seattle, Rayssa Leal e Pâmela Rosa levaram ouro e prata, respectivamente. E teve muita emoção na vitória da "Fadinha", já que conseguiu assumir a liderança na última manobra. Com o resultado, a brasileira se tornou a maior campeã do torneio entre as mulheres.

+ Semana de Copa do Brasil! Saiba os valores das premiações fase a fase até o título

Os bons resultados pavimentam a preparação da delegação brasileira para os Jogos de Paris, em 2024. A semana, além destes triunfos, também tiveram resultados expressivos no hipismo, no judô e no ciclismo, seja em competições continentais ou mundiais. É o Brasil de olho no lugar mais alto do pódio.