Bengals tiram invencibilidade dos Dolphins; Tagovailoa sofre concussão assustadora

Reprodução Instagram/Cincinnati Bengals - Bengals conseguiu a segunda vitória em quatro jogos


No jogo de abertura da semana 4 da NFL, o Cincinnati Bengals conseguiu tirar a invencibilidade do Miami Dolphins e venceu o time da Flórida por 27 a 15, na noite dessa quinta-feira (29/9). O jogo ficou marcado por um lance assustador no segundo quarto envolvendo o quarterback de Miami Tua Tagovailoa.

Tua bateu a parte de trás da cabeça no chão após levar um tackle de Josh Tupou e imediatamente ficou com os dedos da mão cruzados e rígidos, comuns após um grande trauma na cabeça. O quarterback foi retirado do campo de maca e encaminhado direto para o hospital.

Tagovailoa, de 24 anos, sofria de dores nas costas e foi listado como questionável durante a maior parte da semana antes do jogo. No último domingo, o quarterback saiu brevemente na vitória sobre o Buffalo Bills depois de parecer desorientado após levar um duro golpe do linebacker Matt Milano, dos Bills, no final do primeiro tempo.

Apesar da lesão assustadora, o Miami Dolphis informou no twitter que a expectativa era que Tua Tagovailoa tivesse alta ainda durante a madrugada.

Além de desbancar o então invicto, os Bengals obtiveram seu segundo triunfo e saíram da lanterna da Divisão Norte. Recebendo o Jacksonville Jaguars no domingo, o Philadelphis Eagles passa a ser o único invicto na temporada.

Os destaques do Cincinnati Bengals na partida foram o quarterback Joe Burrow contabilizou 287 jardas e dois passes para touchdowns, enquanto o kicker Evan McPherson foi fundamental ao converter dois field goals e cravar todos os três extra points que efetuou.

Os Bengals lideraram a maior parte do tempo. Fizeram 7 a 3 no quarto de abertura (TD de 5 jardas conseguido por Joe Mixon) e foram para o intervalo vencendo por 14 a 12, graças a um touchdown de Tee Higgins (59 jardas). O Miami, que passou a ter Teddy Bridgewater como QB, teve dois field goals certos de Jason Sanders e um TD de Chase Edmonds (Sanders errou o extra point).

No terceiro quarto, o kicker dos Dolphins acertou um field goal de 20 jardas, contudo, os Bengals foram com tudo para o quarto final e garantiram a vitória. McPherson foi preciso nos dois FG (19 e 57 jardas), e Hayden Hurst sacramentou o resultado, com um touchdown de 2 jardas restando 1min e 52 para o fim.