Bauermann assume culpa em gol do Ceará e isenta o técnico Lisca

O zagueiro Eduardo Bauermann assumiu a culpa por segundo gol do Ceará (Foto: Ivan Storti / Santos)


O zagueiro Eduardo Bauermann, do Santos, assumiu a culpa pelo segundo gol que a equipe levou na derrota para o Ceará por 2 a 1, na Arena Castelão, em duelo válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Aos 29 minutos, o camisa 4 do Peixe foi recuar para João Paulo. A bola, porém, não pegou força e o atacante Zé Roberto, do Ceará, dominou, driblou o arqueiro do Peixe e ampliou o placar para o time mandante. Bauermann assumiu a responsabilidade pelo gol.

- É difícil, na nossa profissão a gente vai do céu ao inferno muito rápido, o torcedor vê isso, mas com olhos diferentes do que nós que estamos em campo. Assumo a responsabilidade, sei que errei, foi numa falha minha que levamos o gol. A gente se prepara para dar o melhor, mas erros acontecem. Estamos preparados para não cometer os mesmos erros - disse o defensor do Santos.

Com o revés, o Peixe permanece na décima colocação, com 34 pontos ganhos, oito pontos a menos do que o sexto colocado na classificação, o Athletico-PR. Na próxima rodada, a equipe faz o clássico contra o Palmeiras, domingo (18), no Allianz Parque, em São Paulo (SP).

- A gente se prepara durante a semana para dar o melhor, somos bem orientados pelo Lisca. Às vezes a coisas não acontecem. Nosso time, no coletivo, faz bons jogos. Hoje eu acabei errando, a gente acaba perdendo o jogo por falha individual, não por erros coletivos. Vamos trabalhar mais para sair desse meio de tabela e brigar lá para cima, pelo G-6, que é nosso primeiro objetivo, para depois brigar por coisas maiores no campeonato - completa Bauermann.