Baleia beluga será transferida do rio Sena para tanque de água salgada

Baleia beluga nada no rio Sena, na França

Por Clotaire Achi e Ingrid Melander

SAINT-PIERRE-LA-GARENNE, França (Reuters) - Uma baleia beluga que foi encontrada no rio Sena, longe de seu habitat em águas árticas ou subárticas, será transferida para um tanque de água salgada próximo ao mar nesta terça-feira, disse o grupo de conservação marinha Sea Shepherd na França.

A beluga, que parece desnutrida, foi vista pela primeira vez no Sena na semana passada. Embora a transferência da baleia apresente riscos, a Sea Shepherd, que está envolvida na operação de resgate, disse que o animal não poderia permanecer na água quente e não salgada do rio por muito mais tempo.

“Movê-la para uma piscina de água salgada nos permitirá monitorá-la melhor e tentar tratá-la", disse Lamya Essemlali, presidente da Sea Shepherd na França.

As tentativas de alimentar a beluga fracassaram e os socorristas suspeitam que esteja doente, embora as autoridades locais tenham dito que ela mostrou sinais de melhora depois de receber um coquetel de vitaminas e antibióticos.

A beluga nadou quase metade do caminho para Paris antes de as autoridades locais confinarem a baleia toda branca em um grande sistema de bloqueio.

No final de maio, uma orca gravemente doente nadou dezenas de quilômetros rio acima no Sena e morreu de causas naturais depois que as tentativas de guiá-la de volta ao mar falharam.