Ayrton Lucas se destaca desde a chegada de Dorival e lidera estatísticas no Flamengo

Lateral vai bem na defesa, mesmo com características ofensivas mais presentes (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)


Desde que chegou ao Flamengo, Ayrton Lucas tem sido peça importante no elenco. Tanto que o lateral vive o melhor momento da carreira em 2022 e soma números impressionantes no Campeonato Brasileiro. Com a aptidão ofensiva conhecida, o camisa 6 melhorou na defesa e apresenta bom aproveitamento nas roubadas de bola.

Com a idade avançada de Filipe Luís, que precisa descansar em algumas partidas, e o bom desempenho dentro de campo, Ayrton ganha oportunidades em boa parte dos jogos do Flamengo em 2022. Ao todo, o lateral disputou 32 jogos, marcou dois gols e distribuiu quatro assistência. É o maior número de participações da carreira.

+ Conheça história da jovem torcedora do Flamengo que viralizou ao se emocionar no Maracanã

Além dos números considerados cruciais, que interferem diretamente em gol, o lateral do Flamengo também se destaca em estatísticas secundárias. Ele é o terceiro em desarmes, com 1.9 por jogo, e o quarto em cortes, com 1.5. E as estatísticas ficam ainda melhores desde a chegada de Dorival Júnior.

VEJA NÚMEROS DE AYRTON LUCAS DESDE A CHEGADA DE DORIVAL

1º em duelos ganhos (96)
1º em bolas recuperadas (87)
1º em passes verticais (268)
2º em desarmes (33)
2º em dribles certos (26)
3º em assistências (3)

A boa fase rendeu elogios do próprio Filipe, após a partida contra o São Paulo, pela Copa do Brasil. Dorival Júnior também o exaltou depois do empate diante do Palmeiras, em coletiva. Adaptado, Ayrton está sempre envolto nas brincadeiras do elenco e já ganhou um apelido: "Beijinho", em alusão à tatuagem no pescoço.

+ Flamengo finaliza preparação e terá força máxima contra o Internacional, pelo Brasileirão; veja a escalação

Ayrton Lucas desembarcou no Rio de Janeiro e fechou com o Flamengo no dia 31 de março. O jogador foi emprestado junto ao Spartak de Moscou, da Rússia, por uma temporada, com cláusula de obrigação de compra avaliada em 9 milhões de euros.