Auxiliar de Abel celebra vitória do Palmeiras no Mineirão: 'Poucos acreditavam'

João Martins afirmou que todos no Palmeiras acreditavam na vitória (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)


O Palmeiras conquistou uma vitória épica ao bater o Atlético-MG por 1 a 0, no Mineirão, pela 28ª rodada do Brasileirão. Mesmo com vários desfalques no time titular, o Verdão voltará de Belo Horizonte com três pontos e uma vantagem maior na liderança do campeonato, algo que, segundo a comissão técnica alviverde, poucos acreditavam.

GALERIA
> Veja a validade do contrato dos jogadores do elenco do Palmeiras

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

Sem Danilo, Gabriel Menino, Zé Rafael, Weverton, Gustavo Gómez e Fabinho, o Palmeiras tinha baixa importantes, e precisou até improvisar Luan e Mayke fora de suas posições para montar uma equipe competitiva para enfrentar o Galo. Todo esse enredo levava a crer que os palmeirenses não somariam os três pontos em Minas, mas dentro do clube o pensamento era exatamente o contrário.

- Quero agradecer muito à nossa torcida. Poucos acreditavam, vamos ser sinceros, que o Palmeiras vinha aqui ganhar. O clube inteiro acreditava, e trabalhou forte para isso. A diretoria acreditava, o treinador acreditava, os jogadores acreditavam muito, os torcedores acreditavam. Pelo que aconteceu no jogo, só mesmo o Palmeiras acreditava, porque fizeram de tudo para isso não acontecer. Temos que dar os parabéns redobrados a todos que acreditaram - declarou João Martins, auxiliar de Abel Ferreira, após a partida.

O assistente do técnico português (que também estava suspenso), fez referência também à arbitragem, que errou em lances capitais do duelo e prejudicou muito o Verdão, que teve um pênalti sonegado e um gol mal anulado. Mas agora o pensamento de Martins e do elenco é descansar e trabalhar rodada a rodada como finais do Brasileirão.

- Nos interessa sermos líderes na última rodada. Trabalhamos todos os dias para isso. Só nos interessa a última rodada. Quando fomos eliminados da Libertadores, falamos que disputaríamos todos os jogos como se fossem a final do campeonato. Faltam dez finais. Quando pusemos esse objetivo, faltavam 13, e conseguimos ganhar as três. Somos a melhor equipe do segundo turno. Fizemos um turno inteiro como o primeiro lugar (19 rodadas na liderança), mas o que interessa é na última rodada estarmos em primeiro. Só vamos olhar para nós, jogo a jogo. Agora, é descansar bem - concluiu João.

O Palmeiras foi a 60 pontos no Brasileirão e abriu nove pontos do Fluminense, que é o novo vice-líder, já que o Internacional apenas empatou e agora está dez pontos atrás. Na 29ª rodada, o Verdão vai até o Rio de Janeiro para enfrentar o Botafogo, segunda-feira, às 20h.