Oscar Piastri nega ter assinado contrato com a Alpine para 2023

O piloto australiano Oscar Piastri, que foi anunciado pela Alpine como o substituto de Fernando Alonso na equipe para 2023 na Fórmula 1, desmentiu nesta terça-feira tal informação e afirmou que não assinou contrato para a próxima temporada.

"Entendo que a Alpine F1, sem meu acordo, divulgou nesta tarde um comunicado de imprensa dizendo que eu pilotaria para eles no ano que vem. Isso está errado e eu não assinei um contrato com a Alpine para 2023. Eu não serei piloto da Alpine no ano que vem", declarou Piastri, de 21 anos, em suas contas no Twitter e Instagram.

O australiano chegou à Alpine como piloto reserva no início de 2022. Na última segunda-feira, Alonso anunciou sua saída para a Aston Martin na próxima temporada.

"De acordo com os compromissos da equipe com o australiano, Oscar será promovido a piloto de corrida e assumirá o posto de Fernando Alonso a partir do próximo ano", disse a escuderia em comunicado, desmentido horas depois por Piastri.

O jovem piloto entrou na academia Alpine em 2019, logo após o título da Fórmula Renault Eurocup. Ele venceu o campeonato de Fórmula 3 na temporada seguinte, depois foi campeão de Fórmula 2 em 2021.

O chefe da Alpine, Otmar Szafnauer, tinha afirmado que Piastri estava "mais do que pronto para entrar na Fórmula 1".

"Oscar é um talento brilhante e raro. Estamos orgulhosos por tê-lo preparado e apoiado ao longo de sua carreira", declarou Szafnauer.

Piastri formaria dupla com o francês Esteban Ocon, que está na equipe desde 2020, quando esta ainda se chamava Renault. Atualmente a Alpine é a quarta colocada no campeonato de construtores.

"Juntos, acreditamos que essa dupla nos dará a continuidade necessária para alcançar nosso objetivo de longo prazo de lutar por vitórias e títulos", disse o chefe da equipe.

A promoção de Piastri dentro da Alpine parecia confirmar também uma mudança geracional na escuderia francesa, já que o australiano assumiria o lugar de Alonso, que com 41 anos tem quase o dobro de sua idade.

De volta à Fórmula 1 no ano passado, o espanhol terminou a temporada 2021 em um modesto décimo lugar, à frente de Ocon (11º). Nesta temporada, Alonso também ocupa atualmente a décima colocação no Mundial de pilotos.

dep/ep/iga/cb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos