Ausência de Gabriel Jesus na Seleção é sinal de que jogador estará na Copa do Mundo


Pode parecer loucura, mas a não convocação de Gabriel Jesus aproximou o jogador do Arsenal ainda mais da Copa do Mundo do Qatar. Nesta sexta-feira, o técnico Tite anunciou a lista dos atletas para os amistosos contra Gana e Tunísia, nos dias 23 e 27 de setembro, com novidades no setor ofensivo da Seleção Brasileira.


A principal delas é a volta do centroavante Pedro, do Flamengo, que vive grande fase na temporada com 24 gols e dez assistências em 51 partidas. Jogador com características diferentes das que Tite tem atualmente, o artilheiro rubro-negro permite variação ao esquema adotado pelo treinador. Hoje com Neymar atuando mais centralizado, numa espécie de “falso 9”, a Seleção agora ganha um homem de referência na posição.

+ Veja a tabela, os jogos e os grupos da Copa do Mundo de 2022

Outra novidade é Roberto Firmino, do Liverpool, que não atua com a Amarelinha desde a Copa América, no meio de 2021. O atleta dos Reds faz grande início de temporada, com três gols e três assistências em sete jogos, e está na briga por uma vaga no Mundial. O estilo, entretanto, como é sabido, é diferente do apresentado por Pedro.

E onde que Gabriel Jesus entra nesta história? Como esta ausência o aproxima ainda mais da Copa? A resposta está justamente na convocação e nas palavras de Tite. Por mais que o treinador não tenha cravado, o bom desempenho do atacante no início pelo Arsenal será suficiente.

- Gabriel Jesus, especificamente, está em um grande momento e concorrendo (a uma vaga na Copa). Absolutamente sim. Esta convocação serviu para dar oportunidades a outros - declarou Tite em entrevista coletiva.

Gabriel Jesus - Seleção Brasileira - Venezuela x Brasil
Gabriel Jesus - Seleção Brasileira - Venezuela x Brasil

Gabriel Jesus já teve altos e baixos na Seleção (Foto: Lucas Figueiredo / CBF)

As convocações de Pedro e Roberto Firmino, além de Matheus Cunha, que esteve na última Data Fifa, é justamente para definir quem será o nome que estará na relação final junto com Gabriel Jesus. Desses três, apenas um deverá ir para o Oriente Médio.

+ Tem novidades! Veja a convocação da Seleção Brasileira para os amistosos contra Gana e Tunísia

Desde que deixou o Manchester City e acertou com o Arsenal, Gabriel Jesus tem vivido um excelente momento. Em sete partidas, são três gols e três assistências. Na pré-temporada, números ainda melhores: sete gols em cinco amistosos.

Sem marcar um único gol na Copa do Mundo de 2018, o atacante dos Gunners trabalha agora para apagar a impressão que deixou na Rússia. No Qatar, seja pelo lado, como atuou até a última temporada, ou mais centralizado, como tem jogado agora, o atacante será homem de confiança de Tite.