Atual campeão, Verstappen pensa em deixar a Fórmula 1

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Max Verstappen pensa na aposentadoria após fim do contrato com a Red Bull em 2028. Foto: Sebastien Bozon/AFP via Getty Images
Max Verstappen pensa na aposentadoria após fim do contrato com a Red Bull em 2028. Foto: Sebastien Bozon/AFP via Getty Images

Embora seu contrato com a Red Bull termine apenas no final de 2028, o atual campeão da Fórmula 1, Max Verstappen, falou sobre seu futuro e surpreendeu ao deixar a porta aberta para uma possível aposentadoria após o fim do vínculo com a equipe austríaca.

Com apenas 17 anos, o piloto holandês deu seus primeiros passos na categoria formando a Red Bull Junior Team, e então em 2015 foi confirmado como um dos pilotos da equipe Toro Rosso junto com Carlos Sainz Jr, tornando-se assim o competidor mais jovem em um grande prêmio, superando o recorde de Jaime Alguersuari por quase dois anos.

Leia também:

Agora ao que parece, o holandês pensa em deixar a Fórmula 1 e até ir para outras categorias do automobilismo. "Ainda não decidi o que farei depois que meu contrato terminar em 2028, embora talvez pare. Estou na Fórmula 1 desde os 17 anos, é muito tempo e estou aqui há muitas temporadas já, então eu posso querer fazer algo diferente. Eu gostaria de tentar outro tipo de corrida, de longa distância", disse Versatppen à Sky Germany.

No entanto, o atual defensor do título mundial alertou: "Meu problema é que sempre que participo de alguma coisa, quero muito ganhar", e depois passou a explicar o motivo de sua possível decisão em um futuro não tão distante: " Já estou cansado de viajar por tanto tempo, posso querer uma vida mais simples e só correr as corridas que gosto.”

Da mesma forma, o piloto assegurou que também não se imagina nos bastidores trabalhando como dirigente de alguma equipe no futuro: "Não vejo eu mesmo como analista ou com um papel diferente dentro de uma equipe no futuro, não tenho motivação para isso. Quando não estou mais dirigindo, faço outras coisas divertidas."

Na entrevista, o piloto holandês foi questionado se seu desejo é partir para a conquista da Tríplice Coroa, formada pelo Grande Prêmio do Mônaco, as 24 Horas de Le Mans e as 500 Milhas de Indianápolis, mas Verstappen foi contundente ao responder sobre isso.

"Não tenho interesse em obter a Tríplice Coroa, não me atrai, pelo menos não na Indy. É uma loucura o que esses pilotos fazem e é por isso que tenho muito respeito por eles", disse ele, acrescentando mais tarde: "Não tenho motivos para arriscar minha vida ou machucar minhas pernas", finalizou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos