Atlético-MG: nova regra da FIFA não afeta o contrato de Junior Alonso

Zagueiro está emprestado ao Galo até o final do ano - (Bruno Cantini/Atlético-MG)


Na última terça-feira (21), a Fifa estendeu o direito de atletas estrangeiros suspenderem seus contratos com clubes da Rússia e Ucrânia até junho de 2023. Isso abriu dúvidas em relação ao empréstimo do zagueiro Junior Alonso ao Atlético-MG.

Junior Alonso é jogador do Krasnodar, da Rússia, e está emprestado ao Galo até o final de 2022. Apesar da condição de empréstimo e da nova regra da FIFA, o contrato do jogador não será necessariamente afetado.

Em entrevista para o portal Superesportes, o diretor executivo do Atlético-MG, Rodrigo Caetano, esclareceu a situação do zagueiro. De acordo com o diretor, o contrato de Junior Alonso com o Krasnodar não foi suspenso.

Isso aconteceu porque o Atlético-MG chegou a um acordo de empréstimo diretamente com o Krasnodar, sem precisar que a regra da FIFA fosse aplicada. Com isso, a prolongação da diretriz da entidade não se aplica ao contrato do zagueiro.

Em janeiro de 2022, Junior Alonso foi vendido ao Krasnodar por cerca de R$ 47 milhões. Por conta da invasão da Rússia na Ucrãnia, o zagueiro não chegou nem a entrar em campo pelo time.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos