Atlético de Madrid se posiciona sobre racismo contra Vini Jr.: 'Execrável'

Vini Jr foi alvo de insultos racistas por parte da torcida do Atlético de Madrid (Foto: OSCAR DEL POZO / AFP)


O Atlético de Madrid tomou uma posição com relação aos cantos racistas contra o atacante Vinícius Jr., do Real Madrid antes do dérbi da capital espanhola no último domingo. O clube Colchonero fez uma denúncia para La Liga, demonstrando rechaço aos atos por parte de torcedores presentes no estádio Civitas Metropolitano.


- Condenamos veementemente qualquer tipo de atitude de cunho racista, um flagelo da nossa sociedade e que infelizmente não ocorre apenas no jogo de ontem, mas em muitos campos desportivos e não desportivos.

+ Jornalista da ESPN recusa proposta da Globo: veja as movimentações da imprensa esportiva em 2022

O clube também informou que irá colaborar com a polícia e as autoridades para investigar os responsáveis pelos cantos discriminatórios contra o brasileiro durante o jogo.

- Entrámos em contato com as autoridades para solicitar a identificação das pessoas que participaram neste ato execrável e, caso sejam sócios do clube, será aplicado o regime sancionatório.

Além disso, o Atleti lamentou os episódios de racismo durante a semana prévia ao enfrentamento contra o Real Madrid.

- A atitude de alguns não representa nem o clube nem a grande maioria dos seus adeptos , que ontem mais uma vez deram exemplo de bom comportamento e que apoiaram a nossa equipa durante todo o jogo com respeito pelo rival. Reiteramos nossa condenação contra essas atitudes, mas ao mesmo tempo não entendemos o foco exagerado que foi colocado anteriormente neste jogo, gerando uma campanha artificial e infeliz fora do Atlético de Madrid - concluiu o clube em nota.