Argentina vive 'crise' por conta das figurinhas do álbum da Copa do Mundo

Figurinhas começaram a ser comercializadas em agosto (Foto: Van Campos / LANCE!)


A falta de figurinhas da Copa do Mundo do Qatar se tornou pauta federal na Argentina. Nesta terça-feira, a União de Kiosqueros (Ukra), diretores da Panini, empresa responsável pelo produto, e a Secretaria de Comércio se reuniram para debater o problema. A informação é do 'g1'.

+ Santos negocia com técnico argentino, Marcos Braz fala sobre propostas por João Gomes… o Dia do Mercado!

De acordo com os proprietários das bancas, as figurinhas do álbum da Copa, que começaram a ser comercializadas no mês passado, já estão em falta. Com isso, quando os estoques são reabastecidos, o produto desaparece das prateleiras em porquíssimo tempo.

+ Bancas têm alta procura por figurinhas da Copa e jornaleiros comemoram: 'Deram um alívio'

Os donos das bancas também relatam que o problema está associado a uma mudança na política de distribuição da Panini. Para esta edição do álbum, a distribuidora colocou novos pontos de venda, como postos de serviço, aplicativos de entrega, grandes empresas e supermercados, estes lugares estão sendo mais priorizados do que os tradicionais quiosques.

Uma parte dos distribuidores têm comercializado pacotes na internet com preços até 33% maiores. Esta nova realidade acabou impulsionando o surgimento de um mercado paralelo de figurinhas no qual alguns fornecedores antecipam aos seus compradores quando chegará mais envelopes.

+ Figurinhas delivery? Fornecedora de álbum da Copa do Mundo fecha parceria inovadora

Em recente entrevista à "Forbes", Nicolás Salustro, gerente de marketing da empresa, afirmou que "as figurinhas não estão esgotadas" e garantiu que os envelopes são encontrados em qualquer banca.

-> AO VIVO E DE GRAÇA: LANCE! está transmitindo ao vivo e de graça jogos da Bundesliga. Confira todas as informações sobre o torneio e transmissão aqui.

Após o encontro entre as partes, a Panini concordou em monitorar os distribuidores oficiais para garantir que as figurinhas cheguem às bancas assim que estiverem novamente disponíveis.