Argentina, Uruguai, Chile e Paraguai anunciam candidatura para sediar Copa de 2030

Federações estiveram reunidas no Estádio Centenário (Foto: Divulgação/La Roja)


Com a Copa do Mundo de 2022 e 2026 já com sedes definidas, o Mundial de 2030 começa a ser discutido. E quatro países sul-americanos anunciaram candidatura conjunta para o torneio. Federações de Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai se reuniram em Montevidéu para discutir os próximos passos do pleito.

Em conjunto com Alejandro Dominguéz, presidente da Conmebol, os líderes das federações traçaram o plano para a "Juntos30". A corporação ficará responsável por organizar a candidatura e apresentar os detalhes finais à FIFA, em 2024, quando a entidade escolherá a sede.

De acordo com o Paulo Millad, presidente da Federação Chilena de Futebol, o clima é de harmonia entre os envolvidos. Além disso, o mandatário confirmou que a divisão entre as sedes será justa, com relação às partidas disputadas.

- Estamos muito felizes com a força da história. Devemos manter essa convicção , para levar adiante esta Copa do Mundo. A distribuição será equitativa e muito justa porque há um relacionamento muito bom e uma visão objetiva das limitações que cada um os participantes tem - disse.

Vale destacar que esta será a primeira candidatura com quatro países da história da Copa do Mundo. O Mundial já foi sediado por duas nações diferentes em 2002, por Coreia e Japão. No entanto, o torneio de 2026 estará no México, Estados Unidos e Canadá.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos