Argentina terá segundo uniforme roxo para representar igualdade de gênero

(Reuters) - A nova camisa reserva roxa da seleção argentina para a Copa do Mundo do Catar deste ano também vai apresentar uma poderosa mensagem, uma vez que, de acordo com a Adidas, a escolha da cor representa a igualdade de gênero.

A equipe bicampeã do mundo terá pela primeira vez em sua história um uniforme roxo vibrante com desenhos inspirados no Sol de maio, presente na bandeira nacional argentina.

A camisa, que rompe com os tradicionais uniformes reservas nas cores azul marinho e preto, receberam elogios generalizados dos torcedores na internet. E foi apresentada com o capitão Lionel Messi como modelo, após sua apresentação oficial na segunda-feira.

"A nova segunda camisa da seleção transmite uma poderosa mensagem de igualdade de gênero, alinhada com os valores de diversidade e inclusão que nossa marca promove", disse Pablo Lamo, gerente-geral da Adidas Argentina, em comunicado.

"Por meio do esporte, temos a oportunidade de mudar a vida das pessoas, e o futebol é uma das ferramentas ideais para transformar a realidade", acrescentou.

A Adidas afirmou em seu site que a peça de vestuário foi feita com um fio contendo 50% de Parley Ocean Plastic -- um tecido feito com o reaproveitamento de resíduos plásticos coletados em ilhas, praias, comunidades costeiras e orlas, evitando a poluição dos oceanos.

A Copa do Mundo começa em 20 de novembro. A Argentina está no Grupo C, ao lado de Arábia Saudita, México e Polônia.

(Reportagem de Shrivathsa Sridhar, em Bengaluru)

((Tradução Redação São Paulo))

REUTERS PB PF