Aposentadoria de Serena impulsiona vendas de ingressos para Aberto dos EUA

Serena Williams em partida do National Bank Open, em Toronto, Canadá

Por Rory Carroll

(Reuters) - A demanda por ingressos para testemunhar a tenista Serena Williams em ação no Aberto dos Estados Unidos disparou nas 24 horas após seu anúncio de que vai se aposentar ao final do torneio de quadra dura em Nova York, disse a varejista de ingressos StubHub à Reuters.

"Normalmente vemos um aumento na demanda no StubHub quando um jogador anuncia sua aposentadoria, e este é especialmente o caso quando se trata de Serena Williams, sem dúvida uma das maiores jogadoras a pisar na quadra de tênis", afirmou o porta-voz Adam Budelli.

"Nas últimas 24 horas, vimos oito vezes mais vendas no StubHub para o US Open do que a média diária, mas a grande notícia para os torcedores é que o preço médio pago por um ingresso permaneceu estável, sinalizando que há muito em estoque para quem quer assistir pessoalmente a esse momento histórico do esporte."

Seis dos 23 títulos de Grand Slam de Serena Williams ocorreram no Aberto dos EUA e a final mais recente em Flushing Meadows foi em 2019.

Serena, de 40 anos, e a irmã Venus assombraram o mundo do tênis ao saírem das quadras de Compton, na Califórnia, quando adolescentes, e passaram a dominar e mudar o esporte predominantemente branco.

Serena Williams venceu seu último Grand Slam em 2017 no Aberto da Austrália enquanto estava grávida de sua filha, Olympia.

"Nunca gostei da palavra aposentadoria", escreveu ela, que jogou apenas duas partidas este ano, em um artigo da Vogue divulgado na terça-feira.

"Talvez a melhor palavra para descrever o que estou fazendo seja evolução. Estou aqui para dizer que estou evoluindo do tênis para outras coisas que são importantes para mim."