Após “treta” em podcast, FMS oficializa duelo entre Dynho Alves e Christian Figueiredo nos ringues

(Foto: Divulgação)


A internet respirou dias de provocação mútua entre Dynho Alves e Christian Figueiredo após os dois terem se desentendido no podcast Eu Fico Loko. Agora, no embalo do sucesso de Whindersson x Popó, o Fight Music Show assinou contrato com a dupla e irá promover mais um duelo midiático nos ringues, desta vez em um evento ainda maior. A segunda edição do FMS acontece em Curitiba (PR) e terá o confronto do dançarino contra o youtuber como uma de suas principais atrações no dia 25 de setembro deste ano.

“O Fight Music Show é especialista em resolver tretas (risos). E o lugar perfeito pra isso é o ringue. Os dois serão muito bem-vindos ao nosso espetáculo, e tenho certeza que farão uma grande luta”, declarou Mamá Brito, CEO do evento que une lutas e entretenimento em um formato inédito no país.

A rivalidade entre Dynho e Figueiredo teve início quando, ao participar do podcast de Christian, o cantor e dançarino se sentiu desconfortável sobre a abordagem referente a trabalhos realizados em sua carreira, em especial sobre sua participação no reality A Fazenda. Daí em diante, o “tiroteio” de provocações entre os dois se intensificou nas redes sociais, até a assinatura oficial da luta, ocorrida nesta quarta-feira (13).

— Agora segura o rojão, filhote. Não tem mais volta, segura — provocou Dynho.
— Eu topo a luta, eu topo. Não precisa ficar fazendo show, não — rebateu o influenciador.

Para Mamá Brito, o Fight Music Show possibilita que um desentendimento público entre duas figuras midiáticas seja resolvido nos ringues, enaltecendo o esporte em primeiro lugar, além de colocar artistas à prova em um espetáculo diferente, tirando-os da chamada “zona de conforto”. Prova disso é que a primeira edição do então inédito evento foi um sucesso absoluto, em especial pelo embate entre Whindersson Nunes e Acelino Popó Freitas. O tetracampeão mundial de boxe, por exemplo, tinha cerca de 500 mil seguidores no Instagram antes do duelo. Hoje, a base de fãs do pugilista já ultrapassa 3 milhões na plataforma.

“Além de toda a experiência diferenciada oferecida pelo FMS, a gente consegue reverter um conflito público para um bom exemplo, que é uma disputa justa no boxe, um esporte tão incrível que possui a alcunha de ‘nobre arte’. Assim como Whindersson e Popó, esses caras vão sair dessa luta ainda maiores”, afirmou Mamá.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos