Após quatro anos, promessa boliviana é liberada para atuar pelo Santos

Miguelito assinou o primeiro contrato profissional em abril (Foto: Divulgação/Santos)


Depois de quatro anos de espera, o Santos está finalmente liberado para contar com a promessa boliviana Miguel Terceiros, o Miguelito. No clube desde os 14 anos, ele completou 18 em abril e, nesta segunda, com a abertura da janela de transferências internacional, poderá ser registrado na CBF pelo clube.

Miguelito, como pretende ser chamado, assinou seu primeiro contrato com o clube quando completou a maioridade em abril, pois a Fifa proíbe transferências internacionais de menores de 18 anos. No entanto, a janela estava fechada e só agora poderá vestir a camisa do Peixe oficialmente.

Com contrato até abril de 2027, ele é natural de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. Ele chegou ao Peixe por meio de intercâmbio promovido em parceria com o projeto Bolívia, fundado em 2013 e que tinha como meta servir a Seleção Boliviana com jogadores próprios até o ano presente em seu nome.

O meia chegou ao Brasil no final de 2018 e se destacou em uma Copinha Sub-14, promovida pela Federação Paulista. Em 2019, também chamou a atenção na Copa Nike Sub-15. Por não estar registrado pelo clube, ele não pode participar de competições oficiais, como o Paulista e o Brasileiro.

Ele segue o caminho natural para ser um dos destaques da seleção principal da Bolívia. Em 2019, enfrentou Kaiky Fernandes e Ângelo no Sul-Americano Sub-15 e já é convocado para a Seleção Sub-20, mesmo quando tinha apenas 16 anos. No final de 2021, já foi convocado para participar de treinamentos com a seleção principal boliviana no final de 2021, mas ainda não chegou a entrar em campo. No Santos, já vestiu a mítica camisa 10.

O LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE conversou com o técnico Gabriel Bussinger, que comandou a categoria Sub-17 do Santos no ano passado e teve a chance de treinar a promessa.

- Miguel é um atleta muito promissor. É o meia camisa 10 que todo treinador sonha em ter. Tem uma qualidade técnica com assistências e excelente finalização. Tem a cara do Santos! Treina sempre com muita intensidade, é focado, um garoto sempre alegre, bom de grupo! Não tenho dúvidas que vai brilhar com a camisa do Peixe em pouco tempo! Tive sorte de ter trabalhado com ele - ressaltou o treinador.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos