Após Neto Moura, Zé Ivaldo e Jajá devem ser prioridades do Cruzeiro

Zé Ivaldo é titular absoluto na zaga de Paulo Pezzolano - Gustavo Aleixo/Cruzeiro


Com o fim da temporada se aproximando, o Cruzeiro começa a pensar em seu elenco para o próximo ano. Após fechar a permanência de Neto Moura, Jajá e Zé Ivaldo devem ser as próximas prioridades do time celeste.

Para negociar a permanência dos jogadores, o Cruzeiro espera fechar o orçamento de 2023, visando cautela nas movimentações. Em entrevista para o ge, Pedro Martins, diretor executivo do Cruzeiro, explicou a situação do clube em relação aos negócios.

- Ainda não tem (negociações com o Athletico), até porque a gente está esperando, de fato, fechar o orçamento para começar a tomar mais decisões em relação ao elenco do ano que vem, independentemente de ser na Série A ou Série B - disse o diretor.

Zé Ivaldo e Jajá estão emprestados pelo Athletico-PR até o fim da temporada, sem direitos econômicos fixados. Pedro Martins minimizou a ausência dessa cláusula nos contratos dos jogadores, e disse que o Cruzeiro deverá negociar com o clube paranaense de qualquer forma.

O Cruzeiro já precisou adiantar as contratações de Lucas Oliveira e Neto Moura para a próxima temporada. É esperado que o clube comece a conversar com o Athletico-PR em breve para discutir a permanência de Jajá e Zé Ivaldo.