Após gol anulado, técnico do Brusque questiona arbitragem: 'Se fosse para o Cruzeiro, ia voltar?'

Em coletiva, Luan Carlos esbravejou contra decisão da arbitragem - (Foto: Divulgação/Brusque)


No último sábado, Brusque x Cruzeiro empataram por 0 a 0, no interior de Santa Catarina. O resultado, entretanto, gerou revolta na comissão técnica Quadricolor. Isso porque o time catarinense desperdiçou um pênalti no último lance, ao cobrá-lo em dois toques.

Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Luan Carlos esbravejou contra a arbitragem. Para ele, se a penalidade fosse a favor do Cruzeiro, não teria sido anulada. Confira o que foi dito:

- Se fosse para o Cruzeiro, ia voltar? É uma pergunta que eu faço. Provavelmente não! Pô, é injustiça. Nós estamos aqui trabalhando, buscando o melhor para clube. Tem que ter profissionalismo, ali tem dúvida - declarou.

Com o resultado de igualdade, enquanto o Cruzeiro segue intocável na liderança da Série B, o Brusque continua "estacionado" no meio da tabela.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos