Após episódio com Hulk, Procuradoria do STJD pede que Anderson Daronco se pronuncie

Episódio ocorreu no empate entre Atlético-MG x São Paulo, pela 16ª rodada do Brasileirão - (Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)


E o episódio envolvendo o atacante Hulk, do Atlético-MG, e o árbitro Anderson Daronco, segue tendo desdobramentos. Desta vez, a Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) solicitou que Daronco se pronuncie, o que deve acontecer nos próximos dias.

A partir da versão apresentada pelo árbitro, a entidade então, definirá sobre a abertura de um possível processo ou o arquivamento do caso. Vale lembrar que o juiz está em silêncio desde o ocorrido, na 16ª rodada do Brasileirão.

Vale lembrar que o clube emitiu, na última quinta-feira, 21 de julho, uma "Notícia de Infração", pela qual acusa Daronco de infringir o Código de Ética e Conduta do Futebol Brasileiro. O Galo ainda reuniu materiais jornalísticos que repercutiram a possível ameaça, pedindo, portanto, que Daronco se esclarecesse.

Há quatro rodadas, após o jogo contra o São Paulo, o atacante alvinegro acusou Anderson Daronco de ameaça-lo. Segundo Hulk, ó árbitro teria dito: "cuidado com o que você vai falar depois do jogo", depois do atacante reclamar de possíveis pênaltis não marcados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos