São Paulo: Ceni minimiza fala de Hulk e critica 'excessos do VAR': 'Tem que parar de encher o saco'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Se teve um momento de sua entrevista coletiva em que saiu do sério neste domingo (10), após o empate sem gols com o Atlético-MG, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro, foi quando o técnico do São Paulo, Rogério Ceni, foi perguntado sobre o VAR.

- Há preciosismo no VAR, que tem chamado muito. Todo jogo tem pênalti. Tentaram jogar um pênalti do Miranda, e é vergonhoso esse lance ter a intervenção do VAR. É uma tentativa a mais de pressionar o árbitro, o VAR trouxe mais pressão ao árbitro - desabafou Ceni.

Neste domingo, dois lances foram suficientes para o desabafo do técnico. Nos instantes finais de partida, foi revisado um suposto pênalti de Miranda sobre Hulk. Na sequência, uma possível mão na bola de Luizão passou por análise. Em ambas as situações, o árbitro Anderson Daronco mandou o jogo seguir - de novo, já que não havia marcado nada inicialmente mesmo olhando de frente para os lances.

- O VAR tem que parar de encher o saco. Vimos o River Plate ser eliminado com um gol legal, e tinha um brasileiro lá, né? (referindo-se ao duelo dos argentinos com o Velez, pela Libertadores, no meio de semana) O lance do Miranda é claro e cristalino. O VAR tem atrapalhado, o cara da cabine está decidindo campeonato, todo jogo querendo inventar um pênalti - disparou.

A arbitragem insatisfações pelo lado atleticano, já que Hulk deixou o campo criticando o VAR e insinuando que teria sido "ameaçado" por Daronco, que chamou sua atenção para o que falaria depois do jogo, "por apitar outros jogos do Atlético no ano".

- Não acho que tenha falado isso nessa conotação, mas em um sentido irreverente - minimizou Ceni.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos