Após Domènec e Rogério Ceni, Atlético-MG x Flamengo apontará futuro de Turco Mohamed

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Oscilação no Brasileirão e desconfiança da torcida seriam as principais causas de uma eventual demissão - (Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O confronto do próximo domingo, entre Atlético-MG x Flamengo no Mineirão, será decisivo não somente dentro das quatro linhas. Afinal de contas, além de marcar o encontro entre duas das melhores equipes do Brasileirão, o duelo definirá o rumo do comando técnico no lado alvinegro.

Isso porque, conforme noticiado ao longo da semana, em caso de derrota do Galo, o técnico Antonio Mohamed deve ser demitido do cargo. Há quatro jogos sem vencer na competição, o Atlético-MG precisa triunfar para seguir na caça aos líderes, no caso Palmeiras e Corinthians.

Nesta temporada, o contexto se inverte, quando comparado aos dois anos anteriores. Em 2020 e 2021, as derrotas rubro-negras para o Atlético-MG marcaram as demissões de Domènec Torrent e Rogério Ceni, respectivamente.

Agora, um revés atleticano pode significar, além de um cargo vago no clube, uma desconfiança ainda mais acentuada da torcida. Mineiros e cariocas protagonizarão, também, um dos confrontos da fase oitavas de final da Copa do Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos