Após chegada de João Burse, Vitória passa do rebaixamento a classificação na Série C

Técnico em atividade no CT Manoel Pontes Tanajura (Divulgação/EC Vitória)


Há quase dois meses no comando do Vitória, João Burse chegou ao clube de Salvador com uma difícil missão: salvar a equipe do rebaixamento. Sendo essa, aliás, a segunda vez que o técnico assumia o time principal do Vitória já que, em 2018, ainda na Série A, comandou de forma interina em duas ocasiões.

>Confira as últimas camisas do Brasil nas Copas do Mundo

Vindo do Cianorte após mais de dois anos de trabalho no futebol paranaense, o treinador não apenas afastou o time baiano do Z4 como também conseguiu um até então improvável avanço para a próxima fase da Série C.

A classificação se concretizou depois que o Leão da Barra venceu o Brasil de Pelotas por 3 a 1, no último sábado (13), em meio a uma bela festa feita pelo torcedor nas arquibancadas do Barradão. Com direito, inclusive, a presença junto da galera do zagueiro Leo Gomes, que estava suspenso.

O time iniciou a temporada com uma sequência de três derrotas, mantendo um desempenho irregular até a 11ª rodada quando Burse chegou. Contrariando as estatísticas que apontavam 51,6% de chance de rebaixamento e apenas 2,6% de avançar na competição, o treinador conseguiu acumular pontos e fazer o time chegar ao G8 da Série C, levando à classificação para a próxima fase da competição com a sequência de cinco vitórias e três empates em oito compromissos disputados.

- Foi um grande desafio que deu certo. Cheguei ao time com objetivos, tive todo um planejamento com meu staff e a empresa que gere a minha carreira. Junto do clube, sentamos e traçamos as metas, projetamos nosso trabalho para conquistar esse avanço para a próxima fase. Estou muito orgulhoso do desempenho da equipe, somos um grupo muito unido e trabalhador, não à toa chegamos a esses oito jogos de invencibilidade - disse o técnico, completando:

- Este foi um trabalho em conjunto, eu não fiz nada sozinho e se não fosse a entrega de cada um, nada disso teria acontecido. Todos os atletas abraçaram esse novo planejamento. Sabemos que com um passo de cada vez podemos ir mais longe e restabelecer o Vitória na elite do futebol brasileiro.

Na estreia do Vitória pela segunda fase da competição nacional, o time baiano joga novamente em casa, no próximo domingo (16), recebendo o Paysandu, às 16h (de Brasília).