Após acordo que reduziu dívida, Botafogo fecha 2021 com resultado positivo nas contas do Nilton Santos

Após acordo que reduziu a dívida, Botafogo fecha contas do Nilton Santos no azul (Vítor Silva/Botafogo)


Em 2021, o Botafogo teve um resultado financeiro positivo de R$ 7,7 milhões, com as contas do Estádio Nilton Santos. Após diversos resultados negativos, o clube fechou o ano passado no azul, devido a um acordo que possibilitou a redução da dívida tributária. A informação é do 'ge'.

Cabe destacar, que o valor não contempla novas receitas, nem mais dinheiro aos cofres do Botafogo. Com um acordo feito juntamente ao governo, o chamado Programa Especial de Retomada do Setor de Eventos (PRSE), a dívida foi reduzida e acrescentou quase R$ 14 milhões a mais no exercício de 2021. A lei também se estende para as Sociedades Anônimas do Futebol (SAF), que reestabeleceram e parcelaram as dívidas.

O desconto total que foi dado ao Alvinegro foi de R$ 266 milhões. Com a renegociação, a Companhia Botafogo, empresa que foi criada para administrar o estádio, o passivo caiu para R$ 13,5 milhões. Por fim, com os novos cálculos a dívida total do Glorioso com o Nilton Santos caiu de R$ 34 milhões para R$ 26 milhões.

O Estádio Nilton Santos também é uma pendência para a SAF do Botafogo, visto que ainda não foi assinado o acordo para o uso das instalações, que estão sob domínio da Prefeitura do Rio de Janeiro e do clube até 2051. Vale ressaltar, que a lei da SAF exige que as instalações como estádios e centros de treinamentos sejam repassados pelas associações às empresas, sem especificar as condições a serem resolvidas pelas partes.

Além disso, John Textor estuda construir um novo estádio para o Botafogo. Inclusive, nas últimas visitas ao Rio de Janeiro, o empresário chegou a visitar alguns terrenos. Porém, o plano ainda está longe de ser concretizado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos