Ao L!, Galvão Bueno abre espaço para novos bordões e diz querer presente em sua 'despedida'


Estamos a dois meses do início da Copa do Mundo do Qatar, a primeira no Oriente Médio e que terá valor significativo para uma memória sentimental do torcedor brasileiro, uma vez que será a última de Galvão Bueno como narrador da TV Globo. Em entrevista ao LANCE!, ele revelou que está aberto a novos bordões e quer deixar a emissora com um presente na mala: o hexa da Seleção Brasileira.

GALERIA
> Veja a classificação do returno do Brasileirão

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

Galvão conversou brevemente com a reportagem durante evento de apresentação da Globo sobre sua cobertura da Copa do Mundo. Como não poderia deixar de ser, o ícone da narração da TV brasileira falou de sua despedida no dia 18 de dezembro, final do torneio, que vai marcar seu último evento como contratado da emissora. Mas engana-se quem pensa que será sua última Copa narrando.

- No dia 18 de dezembro eu faço minha última narração como narrador de TV. Não é a última Copa que eu faço, é minha última narração como narrador de TV, então eu não tenho ideia do que eu vou dizer no último jogo, em 18 de dezembro durante o jogo, mas vai surgir alguma coisa, vai aparecer. Eu espero gritar que o Brasil é Hexa, mas alguma coisa deve aparecer - declarou Galvão ao L!.

Em 13 Copas do Mundo, Galvão Bueno já narrou um pouco de tudo, desde glórias até decepções, difícil pensar em algo que ele ainda não viu em toda essa trajetória. No entanto, para ele, seria justamente o hexa da Seleção Brasileira que daria um toque diferente nessa história. É isso que ele quer de presente em sua despedida da Globo.

- É o Hexa (o fato diferente), é estar no último jogo como narrador de TV transmitindo a Seleção Brasileira disputando mais um título, isso seria um grande presente que eu poderia receber.

Por fim, Galvão falou da possibilidade de trazer um novo bordão na Copa de 2022. Ele não costuma trazê-los prontos, mas desenvolve durante as transmissões. Famoso pelo "sai que é sua Taffarel", "é tetra", entre outros, o narrador está aberto ao que vier durante sua passagem pelo Qatar, assim como foi em Moscou, em 2018.

- Uma bola cruzada e "sai que é sua Taffarel", e assim foi em todos, nunca trouxe um (bordão) de casa. Eu acho que se vier, as coisas acontecem. Na Copa da Rússia foi "Moscou enlouqueceu", as ruas de Moscou estavam enlouquecidas mesmo. Não sei o que eu vou encontrar lá, alguma coisa nesse sentido eu vou encontrar lá.

Durante a coletiva do evento, Galvão Bueno abriu a possibilidade de permanecer na Globo para eventos pontuais, mas não mais como narrador fixo. Ele garantiu que não trabalha em outra emissora e não vai narrar mais em TV. Serão oito jogos narrados por Galvão no Qatar, e sua despedida da emissora será mesmo em 18 de dezembro.

Galvão Bueno - Exclusiva LANCE!
Galvão Bueno - Exclusiva LANCE!

Galvão Bueno falou com o LANCE! (Foto: Reprodução/LANCE!TV)