Ao L!, Eduardo Paes diz que está aberto aos planos do Botafogo de modernização do Nilton Santos


Desde que adquiriu 90% da SAF do Botafogo, John Textor deixou claro que o Estádio Nilton Santos apresenta problemas estruturais. Um dos obstáculos apontados pelo acionista é a pista olímpica, que afasta o torcedor do gramado. Com isso, o perfeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD-RJ), destacou que está aberto a modernização do estádio, em entrevista exclusiva ao Lance!

+ Botafogo entra na última semana de janela com negociações arrastadas e lacunas no elenco

Eduardo Paes - Sobre o Botafogo
Eduardo Paes - Sobre o Botafogo

Eduardo Paes explica possíveis mudanças no Nílton Santos (LANCE!)

O Glorioso fechou um acordo, em dezembro, para a extensão da concessão do estádio até 2051. O prefeito não vê motivo para a construção de uma nova arena, visto que, assim como o Vasco, o Alvinegro já tem seu estádio.

+ Confira e simule a tabela do Campeonato Brasileiro

- Nós já temos um acordo assinado com o Botafogo nesta direção. O John Textor tinha manifestado alguns incômodos com a arquitetura do Engenhão, que, de fato, foi um estádio feito para o Pan-Americano, então tem a pista de atletismo. Mas a arquitetura e a engenharia permitem soluções - disse o mandatário, e emendou:

- Eu disse a ele que estaríamos prontamente abertos para que ele modernizasse o estádio e, assim, ficasse lá. É importante que um clube como o Botafogo, precisando de um estádio e tendo o Engenhão pronto, por que que vai tentar encontrar outro lugar? - ressaltou:

- São ideias. O Botafogo tem o estádio, assim como o Vasco. Então temos que ver como ajudamos a modernizar. É menos urgente - completou.

Na busca por soluções, o mandatário da Cidada Maravilhosa frisou que havia uma proposta de se construir uma nova pista de atletismo. A utilização do Parque Olímpico ou até a construção de um estádio voltado à modalidade também são opções. Eduardo Paes também respondeu sobre quem arcará com os custos de uma possível modernização do Nilton Santos.

+ Botafogo aposta em boa relação com Olympiacos e conta com Tiquinho Soares até o fim da semana


- Podemos, sim, pensar no próprio Parque Olímpico. Havia uma proposta de se construir uma pista de atletismo. É possível fazer algo assim, um estádio de atletismo não demanda um volume de pessoas tão grande. Dá para compatibilizar essas coisas - explicou:

- Aí são respostas para coisas que ainda são especulações. Estamos aqui dispostos a ajudar. Não sou dirigente de clube, nem vou dar solução para todos os problemas - completou.

Nas últimas entrevistas, John Textor frisou que está à procura de terrenos para a construção do Centro de Treinamento alvinegro - para a integração entre a base o elenco profissional. Atualmente, os comandados do técnico Luís Castro seguem no Espaço Lonier.

- Ele tem alguma coisa em Vargem Grande e, como eu disse a ele, a Prefeitura, assim como fez para o Vasco e para o Fluminense, fará para o Botafogo também. Temos uma área das Vargens que não são edificantes, ou seja, que não se pode fazer muitos prédios, mas podem ser usadas para um Centro de Treinamento, onde não se constrói demais. Então é perfeitamente compatível. Mas, de novo, são conversas muito iniciais e embrionárias ainda - finalizou.

+ Cuesta valoriza retorno antes do esperado ao Botafogo após lesão

Cabe salientar que na última sexta-feira, a Confederação de Atletismo prometeu ir ao Ministério Público caso a pista olímpica seja retirada do estádio. O presidente da entidade, Wlamir Campos afirmou que não vê motivo para a mudança e que o Nilton Santos é o único lugar no Brasil em condições de receber Mundiais.