Antonio Mohamed é mandado embora do Atlético-MG

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Antonio Mohamed chegou no início de 2022 e conquistou o Campeonato Mineiro e a Supercopa do Brasil. Foto: Douglas Magno/AFP via Getty Images
Antonio Mohamed chegou no início de 2022 e conquistou o Campeonato Mineiro e a Supercopa do Brasil. Foto: Douglas Magno/AFP via Getty Images

O empate nos acréscimos diante do Cuiabá acelerou a demissão do técnico Antonio Mohamed no Atlético-MG. O argentino foi demitido na manhã desta sexta-feira e deixa o Galo somando 45 jogos, 27 vitórias, 13 empates e 5 derrotas, o que resulta um aproveitamento de 69,6%.

O treinador já mostrava abatimento na entrevista coletiva após a partida realizada na Arena Pantanal. Além do baixo desempenho coletivo, a eliminação nas oitavas de final da Copa do Brasil, após vencer o jogo de ida por 2 a 1 e sofrer o revés no Maracanã por 2 a 0, serviram como justificativa para a dispensa.

Leia também:

"Não depende de um ou dois jogadores, depende da equipe e não estamos funcionando como equipe. Temos que fazer funcionar vários aspectos do jogo", falou o agora ex-comandante atleticano após o empate com o Cuiabá.

O treinador já tinha sido questionado após uma sequência de quatro jogos sem ganhar no Campeonato Brasileiro, mas ganhou sobrevida após bater o Flamengo, em junho, pelo campeonato nacional. Logo na sequência, a vitória no jogo de ida das oitavas da Copa do Brasil também deu fôlego ao argentino.

No fim da semana passada, uma reunião do órgão colegiado avaliou que em caso de vitória sobre o Botafogo, no último domingo, Mohamed permaneceria no cargo. A vitória por 1 a 0 com baixo rendimento manteve seu trabalho pressionado, e o empate contra o Cuiabá foi o motivo que faltava para a demissão.

Nomes como Renato Gaúcho e Odair Hellmann aparece entre os mais cotados para assumirem o cargo e Jorge Sampaoli, que deixou o Olympique de Marseille recentemente tem simpatia da torcida que cita o nome do ex-treinador do Galo nas redes sociais.

Turco assumiu o Galo no início da temporada, após Cuca deixar o comando por decisão própria. Pressionado para manter o bom trabalho de seu sucessor, o argentino conquistou o Campeonato Mineiro, vencendo o Cruzeiro na final, e a Supercopa do Brasil, batendo o Flamengo em jogo único.