Antigos alvos europeus fecham contratos, e ideia do Flamengo é buscar técnico do mercado nacional


O momento da temporada e a pressa pela reposição fazem a direção do Flamengo ter preferência por um técnico do mercado nacional na busca pelo substituto de Paulo Sousa. O clube está a um mês das decisões na Copa do Brasil e Libertadores e, diante da ausência de profissionais já integrados ao dia a dia do futebol, a busca é por nomes que conheçam os jogadores e os desafios, além da disponibilidade de assumir o comando da equipe de forma imediata.

Último ato? Veja as reações de Paulo Sousa na derrota do Flamengo para o Bragantino

Desta forma, o provável substituto de Paulo Sousa será um técnico com passagem recente no futebol nacional - sendo ele brasileiro ou não. Pagar a multa para acertar com um treinador empregado também é uma possibilidade - repetindo o ocorrido em 2020, quando o clube tirou Rogério Ceni do Fortaleza, desembolsando R$ 320 mil.

Campeão brasileiro em 2021 e atualmente sem clube, o nome de Cuca, obviamente, foi levantado internamente. O treinador divide opiniões - tanto internamente quanto por parte da torcida - mas segue em pauta. Em entrevista à "ESPN", nesta quinta, Cuca afirmou que não foi procurado pelo clube, mas não descartou, no futuro, negociar.

- Como posso pensar diferente (sobre possibilidade de treinar o Flamengo) se não tive procura de ninguém? Deixa as coisas acontecerem, e, se acontecer, se resolve - disse o técnico de 59 anos.

Cuca está segurando a ansiedade, mas já vê o título quase na mão do Galo
Cuca está segurando a ansiedade, mas já vê o título quase na mão do Galo

Cuca deixou o Atlético-MG no fim de 2021 (Pedro Souza/Atlético-MG)

PAULO SOUSA SEGUE PROGRAMAÇÃO NORMAL

Enquanto a diretoria define a melhor estratégia para a troca no comando técnico, Paulo Sousa segue a programação normal do departamento de futebol. Comissão técnica e jogadores estão concentrados em Atibaia, em São Paulo, onde ficam até sexta-feira.

Por ora, Paulo Sousa não recebeu qualquer notícia sobre a interrupção de seu trabalho por parte da diretoria do clube. Um treino está marcado para às 16h, iniciando a preparação para a partida contra o Internacional, sábado no Beira-Rio, pelo Brasileirão.

ALVOS DE OUTRORA, EUROPEUS FECHAM CONTRATOS

Nas últimas semanas, três técnicos que foram procurados ou tiveram seus nomes ligados ao Flamengo fecharam contratos. O primeiro deles foi Jorge Jesus, que assinou com o Fenerbahce há sete dias. Antes, o ídolo da torcida veio ao Rio de Janeiro, curtiu o desfile das escolas de samba e chegou a declarar que gostaria de voltar ao clube.

Jorge Jesus no Fenerbahçe
Jorge Jesus no Fenerbahçe

Jorge Jesus vai comandar clube turco (Foto: Divulgação/Fenerbahçe)

A diretoria, porém, não o procurou neste momento. O último contato entre Jorge Jesus e o Flamengo foi em dezembro de 2021, quando o Mister estava empregado no Benfica, e indicou que não deixaria o clube português. Assim, o Rubro-Negro apostou em Paulo Sousa.

Carlos Carvalhal também já foi procurado pelo Flamengo nas últimas temporadas, e, no início de junho, foi anunciado como técnico do Al-Wahda, dos Emirados Árabes, com contrato válido até junho de 2023.

O mais recente foi Leonardo Jardim, outro treinador português que foi anunciado nesta quarta pelo Shabab Al-Ahli, dos Emirados Árabes. O nome do técnico foi bem avaliado na Gávea, que buscou informações sobre o profissional de 47 anos, mas Jardim não demonstrou abertura para vir ao futebol brasileiro na ocasião.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos