Antes do jogo, Vasco homenageia o técnico Roger Machado, do Grêmio, com a medalha 'Pai Santana'


Antes do jogo, o Vasco homenageou o técnico do Grêmio, Roger Machado, e outras dez personalidades negras com a medalha ' Pai Santana'. A honraria antirracista foi criada e é em homenagem ao ex-massagista e figura lendária do Gigante da Colina e pretende exaltar expoentes negros de todas as áreas.

Com isso, o Vasco reforça a sua luta por inclusão e respeito e relembra capítulos de sua centenária história como a 'Resposta Histórica' de 1924. A honraria foi criada pelo Departamento de Responsabilidade Social e História e do Marketing.

+ Confira e simule a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Roger Machado recebeu a medalha das mães de Roberto Santana, 'o 'Bola Sete', filho do eterno Pai Santana. O comandante agradeceu a homenagem e disse que guardará a medalha com carinho por representar uma luta importante que todos têm que seguir.

- Aos poucos estamos evoluindo ao falar sobre esses temas. Nós não podemos retroceder, temos que pensar para frente. Muito obrigado, fico muito feliz. Será guardada com muito carinho, dentro de todas as outras recordações que eu tenho, mas essa com uma questão especial. Ele representa uma luta que todos nós temos que trilhar - disse o treinador.

Além de Roger, o Vasco irá entregar a honraria ao ex-goleiro Aranha, que foi vítima de racismo em um confronto contra a equipe gaúcha quando defendia a meta do Santos, pela Copa do Brasil, em 2014.

Os cantores Emicida e Mano Brown também serão homenageados, assim como a atriz Taís Araújo, o sociólogo Celso Athayde, o jornalista Flávio Oliveira, o estudante Fatou Ndiaye e o historiador e professor Júnior.

Outros três nomes importantes que estarão receberão a honraria são: a jornalista Flávia Oliveira, o religioso e educador Frei David e o diretor do Observatório da Discriminação Racial no Futebol, Marcelo Carvalho.

+ Com novidades, Vasco está definido para enfrentar o Grêmio pela Série B: veja a escalação e onde assistir

Eduardo Santana foi um dos grandes símbolos vascaínos de união entre as pessoas de diferentes credos e etnias. Ele era figura cativa ao longo dos anos de glória do clube e viu diante de seus olhos surgir craques que ficaram eternos no imaginário do torcedor: Roberto Dinamite, Romário, Edmundo, Juninho e Felipe.

Vasco - Medalha Pai Santana
Vasco - Medalha Pai Santana

Medalha 'Pai Santana', do Vasco da Gama (Divulgação/Vasco)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos