Antes de estreia no Bahia, Barroca reforça desejo de 'imposição de jogo'

Técnico não vai permanecer no Bahia em 2023 (Rafael Machado/EC Bahia)


Antes da delegação do Bahia rumar para a cidade de Novo Horizonte onde a equipe enfrenta o Novorizontino nesta terça-feira (4), pela Série B do Campeonato Brasileiro, o novo técnico do Esquadrão, Eduardo Barroca, concedeu sua primeira entrevista coletiva após o anúncio de sua chegada.

>Veja quem são os jogadores mais valiosos do mundo

Além de fazer questão de elogiar os feitos de seu antecessor, Enderson Moreira, Barroca deixou claro que tem como objetivo fazer a equipe atuar com a ideia de imposição de jogo, cenário distinto da ideia original de jogo aplicada por antecessores do atual comandante.

- Antes de responder, queria externar o meu respeito ao treinador que estou substituindo. Uma das minhas primeiras missões é tentar aproveitar tudo que esse time conseguiu caminhar até aqui e não desorganizar o que vinha sendo bem feito. O Bahia passou toda a competição dentro de uma zona e agora faltando seis jogos é um momento sensível para conseguir o objetivo. É importante deixar esse registro de respeito ao Enderson - disse Eduardo, agregando:

- Sou um treinador que gosto muito da imposição de jogo. Vou sempre tentar. Futebol é reflexo da vida e vou querer sempre que a equipe pratique bom futebol. Evidente que a gente precisa do resultado a curto prazo, de preferência tentando jogar melhor que o adversário e alinhado com os princípios do clube que eu conheço tão bem.

Em relação ao time que deve colocar em campo nesta noite, Barroca preferiu não dar maiores detalhes e reconheceu que o pouco tempo de contato com os novos comandados requer uma conversa mais longa com a comissão técnica do clube para determinar o 11 inicial:

- Estou muito pouco tempo, tive oportunidade de dar um treino ontem para jogadores em recuperação do jogo da Chapecoense e um treino hoje de véspera de jogo, que a gente não consegue trabalhar volume. A caminho de Novo Horizonte vou poder tomar essa decisão com a comissão técnica que aqui estava e vai ter mais elementos para me fornecer.

Neste momento, o Esquadrão ocupa a terceira posição na tabela da Série B com 52, quatro a mais do que o atual quinto colocado, Sampaio Corrêa, e vem de quatro rodadas sem vencer.