Anderson Silva celebra saída do UFC: ‘A carta de alforria foi assinada’

Anderson Silva conquistou 17 vitórias seguidas no UFC (Julie Jacobson/AP)


Anderson Silva abandonou o UFC e agora tem buscado um recomeço no boxe. Aos 47 anos, o lutador brasileiro não se arrepende da decisão e pode receber maior pagamento da carreira na luta contra o youtuber Jake Paul.

+ Jornalista da ESPN recusa proposta da Globo: veja as movimentações da imprensa esportiva em 2022

Em entrevista ao canal “Combate”, Anderson tratou a saída do UFC como uma libertação.

– Agora sou dono do meu destino, a carta de alforria foi assinada, o que tenho que fazer agora? O que está errado e o que está certo? Como é a imagem do Anderson como marca? Como é a imagem do Anderson como atleta? Como é a imagem do Anderson fora das lutas? Vamos organizar isso – ele disse.

+ Anderson Silva não teme que derrota para youtuber afete legado: ‘Não é sobre vencer ou perder’

No dia 29 de outubro, o “Spider” lutará contra o youtuber Jake Paul. Ele e o irmão Logan organizam grandes lutas e prometem pagamentos maiores do que o UFC. Jake chegou a dizer que Anderson Silva pode receber o maior da carreira ao enfrentá-lo.

O brasileiro elogiou muito a iniciativa dos irmãos.

– As pessoas gostam muito de criticar quem está fazendo. Os moleques abriram um símbolo de interrogação muito grande sobre os esportes de combate, como boxe e MMA. E está abrindo a mente de muita gente, abrindo a cabeça de muita gente que está presa em contratos e situações. Por que não você pode ser dono do seu passe? Por que você não pode fazer o que quer e o que vai te fazer feliz? – questionou o ex-campeão do UFC.

-> AO VIVO E DE GRAÇA: LANCE! está transmitindo ao vivo e de graça jogos da Bundesliga. Confira todas as informações sobre o torneio e transmissão aqui.

O duelo de boxe entre Anderson Silva e Jake Paul será travado no dia 29 de outubro, em Phoenix (EUA), na Arena Gila River.