ANÁLISE: Vasco precisa reaprender a ser competitivo na Série B

Nene foi mais um jogador do Vasco que teve desempenho ruim contra o CSA (Daniel RAMALHO/CRVG)


Durante o primeiro turno, o Vasco aprendeu a jogar e foi competitivo nos jogos fora de casa nesta Série B do Campeonato Brasileiro. Nas últimas partidas, contudo, o time nitidamente desaprendeu. A equipe de Emílio Faro precisa simplesmente conseguir pontuar longe do Rio de Janeiro.

+ Renovação de Andrey com o Vasco está estagnada; contrato atual termina ano que vem

E para pontuar é preciso ser competitivo. A partida contra o CSA teve história diferente, mas segundo tempo bastante parecido com o que o Cruz-Maltino executou contra o Vila Nova. Na última vez de Maurício Souza e também no Rei Pelé, a segunda etapa foi estéril.

No caso desta quinta-feira, a defesa não resistiu dois minutos.
Justamente o setor que simbolizava a solidez e a consistência há pouco mais de um mês. Ultimamente, é raro até nas vitórias a retaguarda passar incólume. Nos reveses, então, como para o CSA, o time nem defendeu nem atacou.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Seja qual for a razão do desmonte do time, principalmente como visitante, o Vasco precisa se reconstruir. Não foi pela ausência de Marlon Gomes. Não pode ter sido. O Vasco precisa se reencontrar de forma competitiva.