ANÁLISE: Merentiel teve estreia 'tímida' e López deu sinais promissores no Palmeiras

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O Palmeiras venceu o América-MG por 1 a 0 na última quinta-feira, e um dos destaques da partida foi a estreia da dupla Merentiel e López, recém-contratados pelo clube para esta janela de transferências. Embora tenham sido as primeiras impressões, já foi possível tirar algumas conclusões, assim como determinar quem foi melhor.

GALERIA
> Confira os públicos do Palmeiras no Allianz Parque em 2022

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Para começar a partida, Abel Ferreira optou por Merentiel, que formou o ataque com Dudu, na direita, e Wesley, na esquerda. O uruguaio, porém, teve poucas oportunidades para mostrar a que veio. O time fez um primeiro tempo muito ruim, e provavelmente qualquer opção escolhida para função sofreria da mesma forma.

Em alguns momentos, pareceu que Merentiel sentiu a estreia, errando domínios e tomando decisões erradas. Dos nove passes que fez no jogo, quatro foram errados, segundo o Footstats. Talvez tenha faltado aparecer um pouco mais, algo que Abel Ferreira explicou quando analisou a personalidade do novo camisa 9 do Alviverde.

- Merentiel fez seu primeiro jogo, tem muito ainda para crescer. O Miguel tem um aspecto que precisa melhorar, é muito tímido, muito fechado, é uma coisa que tem que se soltar - disse o treinador.

Já José Manuel López teve uma estreia bem diferente. Se não foi brilhante, foi melhor do que a de seu companheiro de posição, o qual ele substituiu aos dez minutos da segunda etapa. Ele e Gustavo Scarpa foram os principais responsáveis pela melhora do time na segunda etapa. Não é à toa que o argentino finalizou quatro vezes: duas certas e duas erradas e deixou uma boa impressão.

Além de buscar jogo, ajudou na recomposição, saiu da área, tabelou, puxou contra-ataques, fez um pouco de tudo e ainda protagonizou dois lances bonitos. Primeiro um drible espetacular em um zagueiro para tocar para Scarpa furar o chute e perder uma grande chance, depois uma tentativa de gol de calcanhar, que passou muito perto da trave. É verdade que também desperdiçou um contra-ataque, mas sua atuação foi reflexo de sua personalidade, como disse Abel:

- O López é o oposto (de Merentiel) em termos de personalidade, um rapaz jovem, bem disposto, e que rapidamente se adaptou, mas vamos com calma, com paciência, como sempre fazemos.

Foi apenas a estreia da dupla gringa com a camisa do Palmeiras, cercados de expectativa por um torcida que há um bom tempo pede jogadores dessa posição. É preciso medir esses fatores quando formos analisar as atuações de cada um. Há muitos jogos pela frente, não é possível já colocar López em um altar e Merentiel numa prateleira abaixo. Aliás, Abel Ferreira resume bem esses atletas:

- São dois jogadores que temos que desenvolver, não são jogadores prontos - declarou o técnico palmeirense em coletiva de imprensa.

López e Merentiel - América-MG x Palmeiras
López e Merentiel - América-MG x Palmeiras

López substituiu Merentiel (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos