ANÁLISE: Garotos de Cotia fazem a 'lição de casa' e mostram que podem ser opções para o São Paulo no ano

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Garotos do São Paulo cumpriram o seu papel no Morumbi (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O São Paulo teve um time 'Made in Cotia' na vitória sobre o Ayacucho, por 1 a 0, no Morumbi, em duelo que fechou a fase de grupos da Copa Sul-Americana para o Tricolor. Já classificado, o técnico Rogério Ceni escalou uma equipe recheada de jovens jogadores.

> Veja tabela da Sul-Americana e simule os próximos jogos

> ATUAÇÕES: Crias de Cotia mostram valor, e Caio brilha em vitória

Dos onze que iniciaram a partida, somente Miranda não foi revelado pelo clube. O zagueiro, inclusive, mostrou segurança e deu apoio para Beraldo e Luizão, que se mantiveram seguros durante toda a partida, conseguindo neutralizar o ataque dos peruanos.

No entanto, um setor que não funcionou corretamente foi o meio-campo, principalmente os volantes Luan e Pablo Maia. A dupla, mais 'experiente' que os companheiros, fez uma partida irregular. O primeiro, inclusive, saiu no intervalo. Destaques positivos para Léo Silva, que foi participativo e Talles Costa, criando boas jogadas.

O lado ofensivo do São Paulo foi bem, principalmente com o ponta esquerda Caio, autor do gol. O jogador, inclusive, foi o que mais participou das tramas no último terço do campo e foi premiado com gol. Já Toró e Juan não tiveram grande destaque.

Uma vitória que serve principalmente para dar ritmo de jogo aos garotos e testar algumas peças que podem ser úteis no corrido calendário do São Paulo. Rogério Ceni já avisou: novas oportunidades vão acontecer.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos