Update privacy choices
Esportes

WSL anuncia igualdade de premiação para homens e mulheres no Mundial de Surfe

Colaboradores Yahoo Esportes
Yahoo Esportes
Surfistas no Surf Ranch (WSL / KELLY CESTARI)

Por Emanoel Araújo e Guilherme Daolio

Ainda faltam quatro etapas para o final da temporada e a briga pelo título mundial de surfe está cada vez mais quente. Mas independente de quem levantar o caneco em dezembro, as atenções já estão voltadas para 2019, já que a World Surf League divulgou informações importantes sobre a próxima temporada.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

A principal – e mais do que justa – mudança diz respeito às premiações. Hoje, na Divisão de Elite do esporte, um homem fatura US$ 100 mil dólares a cada etapa conquistada, enquanto uma mulher leva pra casa US$ 65 mil dólares ao conquistar um título. A partir do ano que vem, o valor será igual para as duas categorias.

“Esse é um enorme avanço em nossa estratégia de levar o surfe feminino a um novo patamar e estamos empolgados em assumir esse compromisso ao anunciar nosso cronograma de 2019. Esta é a mais recente de uma série de ações que a Liga se comprometeu a tomar em relação a nossas atletas, desde competir nas mesmas ondas de qualidade que os homens até receber mais investimento e apoio.”

Sophie Goldschmidt – CEO da WSL

Logo que o anúncio foi feito, na coletiva de abertura da etapa do Surf Ranch, a repercussão foi enorme no mundo do surfe. Hexacampeã mundial e atual líder do ranking, a australiana Stephanie Gilmore afirmou que “o prêmio em dinheiro é fantástico, mas a mensagem significa ainda mais”. A lenda do surfe ainda finalizou dizendo que “espera que isso sirva de exemplo para outros esportes, organizações globais e para a sociedade como um todo”.

Surfistas brasileiros, homens e mulheres, do passado e do presente também se manifestaram nas redes sociais. A lendária Jacqueline Silva disse que “é muito justo e que as mulheres merecem”. Já Tatiana Weston-Webb, terceira melhor do mundo na atualidade, se disse “orgulhosa de fazer parte de uma entidade que pensa assim”.

No anúncio, a WSL afirmou que a igualdade nas premiações não existirá apenas na primeira divisão do esporte, e sim em todos os eventos organizados pela entidade.

Calendário

No que diz respeito a etapas, a expectativa por alterações radicais era enorme. Muito se falou – inclusive dentro da WSL – que 2019 seria o ano da mudança. Boatos falaram sobre a diminuição da perna australiana, início da temporada no Havaí e apenas um semestre de surfe de elite. Mas o que realmente se viu foi a manutenção de um calendário já conhecido, testado e aprovado.

Desde 2014, o Circuito Mundial masculino é composto por 11 etapas. E isso se manterá. Aliás, os mesmos 11 eventos de 2018 serão os do ano que vem. As conversas sobre o retorno de Fiji e Trestles ou a inclusão oficial de Uluwatu não foram pra frente e as únicas mudanças foram apenas nas datas das etapas. Antes iniciado em março, a temporada começará agora em abril.

E a polêmica etapa de Margaret River, cancelada em abril por conta da ameaça de ataques de tubarão, está confirmada para o próximo ano. Veja como ficou o calendário do surfe para 2019.

GOLD COAST (AUSTRÁLIA)
De 04/04 até 14/04
Atuais campeões: Julian Wilson (Austrália) e Lakey Peterson (Estados Unidos)

BELLS BEACH (AUSTRÁLIA)
De 17/04 até 27/04
Atuais campeões: Italo Ferreira (Brasil) e Stephanie Gilmore (Austrália)

KERAMAS (INDONÉSIA)
De 13/05 até 24/05
Atuais campeões: Italo Ferreira (Brasil) e Lakey Peterson (Estados Unidos)

MARGARET RIVER (AUSTRÁLIA) / ULUWATU (INDONÉSIA)
De 27/05 até 07/06
Atuais campeões: Willian Cardoso (Brasil) e Johanne Defay (França)

SAQUAREMA (BRASIL)
De 20/06 até 28/06
Atuais campeões: Filipe Toledo (Brasil) e Stephanie Gilmore (Austrália)

JEFFREYS BAY (ÁFRICA DO SUL)
De 09/07 até 22/07
Atuais campeões: Filipe Toledo (Brasil) e Stephanie Gilmore (Austrália)

TEAHUPOO (TAITI) / APENAS OS HOMENS
De 21/08 até 01/09
Atual campeão: Gabriel Medina (Brasil)

SURF RANCH (ESTADOS UNIDOS)
De 19/09 até 22/09

LANDES (FRANÇA)
De 03/10 até 13/10

PENICHE (PORTUGAL)
De 16/10 até 28/10

MAUI (HAVAÍ) / APENAS AS MULHERES
De 25/11 até 07/12

PIPELINE (HAVAÍ) / APENAS OS HOMENS
De 08/12 até 20/12

Todas as notícias do surfe, masculino e feminino, você acompanha aqui no Yahoo!

1 Reações

Leia também