Update privacy choices
Esportes

Partida na África tem torcida na torre de iluminação e reservas "sem banco"

Yahoo Esportes
Torcedores na torre de iluminação e sem banco para os reservas (Foto: Reprodução)

A partida no último sábado entre Gâmbia e Argélia, válida pelas eliminatórias para a Copa Africana de Nações, foi um show de horror. É tudo o que não pode acontecer num jogo de futebol.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

Primeiro ponto, o estádio estava superlotado. Com capacidade para 25 mil pessoas, a estimativa é que 40 mil assistiram ao jogo – muitos deles pendurados nas torres de iluminação.

Outra questão marcante foi o tamanha das bandeiras exibidas – a de Gâmbia, por exemplo, era menor (e o país era o mandante do confronto).

Leia mais:
Lucas Paquetá está na mira do Barcelona
Zidane diz que voltará a treinar em breve
Felipão espanta mais um “fantasma” no Palmeiras

Na hora da execução dos hinos, a melodia tocada para a Argélia foi errada, o que gerou irritação dos atletas daquele país.

Os visitantes argelinos também sofreram com o banco de reservas. Na verdade, com a falta deles. Os atletas tiveram que sentar em placas de publicidade.

E para coroar esse show de bizarrices, a seleção de Gâmbia precisou improvisar em seu próprio uniforme. Com um problema na fornecedora do uniforme, tiveram que colocar um adesivo no lugar do escudo.

Reações

Leia também